Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » EITA

Ex-Panicat é apontada como pivô da separação entre Mayra Cardi e Arthur Aguiar, segundo colunista

O jornalista Leo Dias, levantou um suposto nome que estaria envolvido no término do casal

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 29/06/2020, às 13h31

Arícia Silva é apontada por Leo Dias como provável pivô da sepação entre Arthur Aguiar e Mayra Cardi
Arícia Silva é apontada por Leo Dias como provável pivô da sepação entre Arthur Aguiar e Mayra Cardi - Instagram

Vamos para mais uma atualização a respeito da separação da musa fitness Mayra Cardi e Arthur Aguiar.

Após a divulgação de um áudio em que a coach dizia que o ator tinha uma amante no Sul do país e que, sem saber, bancou a ida dela ao Rio de Janeiro, começaram uma série de especulações sobre esse suposto nome.

Nesta segunda-feira, 29, o colunista Leo Dias levantou informações sobre a possível pivô, que pode ter sido o motivo do término do casal. A personalidade estudada é a ex-Panicat Arícia Silva

De acordo com o jornalista, fortes apontamentos levam Arícia a ter um aparente envolvimento com Arthur. Primeiro, a gata é de Florianópolis, Sul do Brasil. Segundo, ambos se seguem nas redes sociais, o que causou estranhamento em Leo, já que eles, aparentemente, não possuem uma amizade.

Por último, mas não menos importante, no áudio vazado Mayra Cardi revelou que seu antigo parceiro usou seu cartão de crédito para alugar um flat para a amante no Rio de Janeiro. Acontece que na mesma semana que a influencer deu essa declaração, Arícia estava em um apartamento de luxo no Rio. 

Leo Dias procurou Mayra para colocar os pingos nos ‘is’, mas ela não quis se pronunciar sobre o assunto. Arícia também se manteve em silêncio.

Já Arthur Aguiar soltou o verbo e negou tudo. “Sobre ter amante, isso é só mais uma inverdade, pois estou separado! Decidimos separar no dia 29 de abril e foi comunicado ao público no dia 3 de maio. Saí da casa onde eu morava na segunda semana de junho. Não estou namorando ninguém”, afirmou ele.