Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Mais uma morte negra

Famosos se manifestam após homem negro ser assassinado em mercado em Porto Alegre

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos de idade, foi espancado até a morte por dois seguranças de supermercado Carrefour

Máxima Digital Publicado em 20/11/2020, às 17h32

Famosos se manifestam após homem negro ser espancado até a morte em mercado em Porto Alegre
Famosos se manifestam após homem negro ser espancado até a morte em mercado em Porto Alegre - Reprodução/ Instagram

Um dia antes do Dia da Consciência Negra,  João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos de idade, foi assassinado após ser espancado até a morte na noite de quinta-feira, 19, por dois seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre.

De acordo com o G1, os seguranças, um deles policial militar, foram presos em flagrante e vão responder por homicídio qualificado. Famosos usaram as redes sociais para manifestar indignação e pedir Justiça para João Alberto.

Ludmilla

A cantora ressaltou o fato da morte ter sido um dia antes do Dia da Consciência Negra: "Queria poder dizer que é uma grande ironia um preto ser espancado até a morte bem às vésperas do dia da consciência negra, mas não. Até quando vamos ter que lutar pra sobreviver como se não fosse um direito, apesar de todos os nossos deveres? Não há o que celebrar. #JustiçaporBeto"
 
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ludmilla (@ludmilla)

 

Aline Wirley

A cantora Aline Wirley ressaltou que vidas negras importam. "Nossas vidas importam! NÃO IREMOS NOS CALAR! No dia da Consciência negra, mais um de nós é brutalmente assassinado em Porto Alegre. A cada 25min um jovem negro é assassinado no Brasil. Até quando iremos fazer compras para e com nossas famílias e não voltaremos? Todo meu amor e apoio a família de João Alberto Silveira", escreveu nas redes sociais.

 
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Aline Wirley (@alinewirley)

 

Erika Januza

“João, Floyd, João Pedro, Mariele, tantos se foram brutalmente pela inconsequência, pela maldade, pela irresponsabilidade, pelo preconceito, pelo racismo. Por leis que não funcionam e deixam agressores impunes. Dia da Consciência e mais uma vez não podemos celebrar plenamente. E ainda há quem diga que é mi-mi-mi. Estamos cansados dessas noticias. Cansados desse desrespeito, dessa violência, dessa impunidade. E agora?.Quem se reposnsabiliza? Atitudes cabíveis? Queremos respeito cabível. Vidas negras importam não pode ser uma frase de efeito para criar imagens. Deve ser uma verdade praticada. Justiça por João e por tantas vidas negras perdidas”, disse a atriz Erika Januza.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Erika Januza (@erikajanuza)

 

Djonga

O rapper Djonga usou seus Stories para falar sobre a data e a morte de João Alberto: "Imagina nós debatendo consciência o ano inteiro? Ia ser bonito demais. Como a playbozada não compete, nós temos que ir à luta". Em seguida, o cantor postou vídeo durante em a manifestação em luto à morte do homem negro morto em uma unidade do Carrefour.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por MinasNinja (@minasninja)

 

Preta Gil

"Eu até tinha preparado um feed todo lindo em celebração ao Dia da Consciência Negra, mas o racismo é tão perverso que não nos dá descanso nunca. João Alberto Silveira Freitas foi assassinado covardemente ontem à noite em um supermercado em Porto Alegre. Temos que cobrar Justiça, sem Justiça não há paz", afirmou a cantora.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Preta Gil 🎤 (@pretagil)

 

Emicida

"Boicote nacional ao Carrefour. Não vá e não compre no Carrefour racista", publicou Emicida no Twitter.

Thiaguinho

O cantor Thiaguinho também usou as redes para fazer um forte desabafo: "E aí??????? Até quando, porraaa???? Hoje é dia 20 de novembro! Um dia super importante pra mim e para os meus... Que desde que nos trouxeram pra cá, lutam por uma situação melhor... Por igualdade, por respeito, , por oportunidade, por amor ao próximo... Eu tava escrevendo um texto de conscientização... Mas aí chega um vídeo pra mim... E de novo, o sentimento que vem é o de REVOLTA! Não tem como ter outro sentimento no peito nesse momento... Parem de nos MATAR! Parem de matar nossos pais, mães, filhos e irmãos... Pelo amor de Deus!!!! Eu não aguento mais tomar porrada até morrer... Pqp, Mano! Que dor... E nós, PRETOS, não vamos mais aceitar isso e nós calar... Inclusive, temos que fazer MAIS... Não dá mais pra suportar isso. Eu não me sinto menos importante que ninguém nesse país... Pelo contrário... Então... VAMOS AGIR!. E você que ainda se pergunta se tem que ter um dia para refletir e falar sobre o RACISMO no nosso país, assiste o vídeo dos caras matando mais um nosso, na porrada, até o fim... Desculpa o desabafo, mas é foda. Thiago André Barbosa... 37 anos. Mais um sobrevivente".
 
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Thiaguinho (@thbarbosa)

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI