Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » MILITANTE

Felipe Neto se revolta, deixa de seguir Ivete, Marina Ruy Barbosa, Whindersson Nunes e dispara: “Acabou a passada de pano”

O YouTuber fez um desabafo sobre a falta de posicionamento de alguns influenciadores e artistas

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 10/05/2020, às 11h38

Felipe Neto deixou de seguir personalidades que não se posicionam politicamente
Felipe Neto deixou de seguir personalidades que não se posicionam politicamente - Instagram

O YouTuberFelipe Neto é bastante posicionado politicamente e costuma manifestar seus pensamentos e ideologias através de suas redes sociais.

Crítico da gestão do presidente Jair Bolsonaro, o empresário tomou uma atitude que chocou os internautas. 

Felipe deixou de seguir artistas e influenciadores que não debatem sobre assuntos vistos por ele, como polêmicas que geram discussões na sociedade em relação a atitudes e posturas dos governantes do país.

Segundo jornal 'Extra', em sua lista constam nomes como Ivete Sangalo, Marina Ruy Barbosa, Whindersson Nunes, Larissa Manoela, Simaria (da dupla sertaneja com Simone) e o funkeiro Kevinho.

O influencer publicou um vídeo em seu Instagram explicando o motivo da sua atitude, e visivelmente revoltado, condenou o comportamento destas pessoas as chamando de covardes.

Ninguém é obrigado a se manifestar politicamente. Na época das eleições, quando era PT contra Bolsonaro, eu entendi porque o pessoal ficou calado. Bolsonaro assumiu, começou a vir um monte de escândalos. Todas as questões envolvendo o Queiroz, caixa 2, investigações da Polícia Federal , fake news... e o pessoal foi ficando calado”, começou ele na gravação.

Relembrando o episódio em que o presidente compareceu a uma manifestação, cujo alguns integrantes do ato clamavam pela volta do AI-5 e o fechamento do legislativo, Neto acrescentou que esse foi o momento de “rompimento da tolerância”.

No momento em que ele (Bolsonaro) vai a uma manifestação que pede o fechamento do STF e do congresso nacional, a implementação do AI-5 de uma ditadura militar, sobe no palanque dessa manifestação e ele grita nesse palanque…”, disse. “Acabou a passada de pano. Influenciador que não se manifesta agora, é cúmplice”, esbravejou o carioca.

Estamos oficialmente contra um regime fascista. E quem se cala perante a um regime fascista, é fascista. Ponto final”, relatou ele, em outro momento da filmagem.

Personalidades como Giovanna Ewbank e seu marido Bruno Gagliasso, apoiaram o desabafo de Felipe Neto.

É isso. Concordo 100 %”, escreveu o ator.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Vídeo-carta aberta para todos os influenciadores e artistas do Brasil.

Uma publicação compartilhada por Felipe Neto (@felipeneto) em

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI