Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Momento difícil

Henrique, dupla com Juliano, abre o coração após atirar em touro: ''Para preservar a vida de todo mundo''

Sertanejo Henrique se explica após atirar em seu touro

Máxima Digital Publicado em 27/09/2019, às 14h56 - Atualizado às 15h25

Juliano se explica após atirar em seu touro.
Juliano se explica após atirar em seu touro. - Reprodução/ Instagram

O sertanejo Henrique enfrentou uma situação complicadíssima na quinta-feira passada, 19, durante um evento realizado na capital do Tocantins.

A dupla de Juliano precisou atirar em um dos touros de sua fazenda para proteger a vida de muitas pessoas e o assunto acabou sendo muito comentado.

O animal, no final das contas, resistiu ao disparo, mas precisou ser sacrificado pouco depois pela equipe de veterinários que estava cuidando dele.

Em um vídeo enviado exclusivamente ao colunista do portal UOL Leo Dias, o artista contou exatamente como tudo aconteceu e explicou direitinho o motivo do disparo.

"Alguns dos nossos animais, touros reprodutores da Fazenda Terra Prometida, de nossa propriedade, estavam sendo expostos e comercializados nessa feira. Foi mandado 20 touros. [...] Houve uma briga entre os touros, o curral não suportou e um dos touros fugiu.", disse.

O cantor contou ainda que antes de qualquer coisa, foi montada uma operação de resgate para o animal. "[O touro] fugiu em direção à rodovia. O parque [de exposições onde a feira foi realizada] fica entre duas rodovias muito movimentadas em Palmas. A gente fez de tudo para que esses touros não invadissem a pista para preservar a vida de todo mundo que trafegava ali. A gente tentou capturar o touro [...], só que não conseguimos", lembrou e completou: "O touro invadiu a rodovia, colocou em risco a vida de várias pessoas, invadiu uma propriedade privada onde tinha um senhor, uma senhora e uma criança e, infelizmente, nosso animal precisou ser sacrificado para preservar a vida de todo mundo".

Para deixar os fãs tranquilos com os procedimentos feitos, Henrique esclareceu: "Foi uma ação totalmente legítima. Possuo o porte federal de arma de fogo. Comuniquei os fatos à autoridade assim que pude. Era necessário proteger a vida de outras pessoas, de pessoas inocentes e era necessário cessar o sofrimento do animal também".

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI