Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » CRISE

Henrique Fogaça fecha restaurante e demite 200 funcionários: “Não vou conseguir manter”

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o chef de cozinha se viu obrigado a tomar essa decisão

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 05/06/2020, às 14h13

Henrique Fogaça toma decisão por conta do coronavírus
Henrique Fogaça toma decisão por conta do coronavírus - Instagram

Chef de cozinha, Henrique Fogaça teve que fechar um dos seus restaurantes por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em um bate-papo com José Luiz Datena no canal do apresentador no YouTube, o cozinheiro afirmou que teve que demitir em média 200 funcionários de seus três estabelecimentos. 

Não vou conseguir manter. De janeiro a abril, estamos com um 500 mil reais de prejuízo”, começou. “É complicado: o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo etc. Shopping explora e suga tudo”.

Fogaça também comentou sobre a quantidade de empregados que possui na sua rede: “Muitas pessoas. No [meu] restaurante, estávamos em 350 pessoas. Tivemos que demitir 200 pessoas. Mesmo com 70% do governo de empréstimo para depois fazer o acerto... Com 350 funcionários, um mês você segura, dois meses você quebra e vai pro buraco”. 

O empresário comentou que após o término da quarentena vai adotar outras medidas em seus negócios, como afastamento das mesas e diminuição de quantidade de pessoas dentro dos restaurantes.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI