Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Ansiedade

Ingrid Guimarães fala sobre ansiedade e tratamento com canabidiol: "Me ajudou muito"

A atriz contou das suas crises de ansiedade e do uso do canabidiol no combate à doença

Máxima Digital Publicado em 22/09/2020, às 15h52

Ingrid Guimarães fala sobre ansiedade e tratamento com canabidiol
Ingrid Guimarães fala sobre ansiedade e tratamento com canabidiol - Reprodução/ Instagram

O ano de 2019 para Ingrid Guimarãesteve dois momentos marcantes: ser uma das estrelas na novela 'Bom Sucesso' e suas crises de ansiedade - tudo isso ao mesmo tempo.

Em entrevista a Universa, a atriz relembrou das crises com o coração batendo acelerado inesperadamente no ano passado, sem gatilhos externos. A sensação não era nova, ela já tinha vivido situações parecidas antes, como quando perdeu o pai, em 1999, quando precisou da ajuda temporária de remédios. Contudo, ela não queria optar pelo mesmo tratamento porque tinha receio de que afetassem sua memória durante as gravações da novela das sete. 

"Sou muito controladora. Nunca fui uma pessoa que, na juventude, por exemplo, tomou drogas que me tirassem do meu centro. Perguntei à minha psiquiatra se tinha uma outra opção. Até porque eu estava fazendo novela, decorando muito texto, lançando filme. Eu precisava ficar muito atenta. Ela começou a me falar sobre o CBD [canabidiol]", contou a atriz.

"Ela tinha feito mestrado neste assunto. E eu comecei a me inteirar. Comecei a ver que era algo superlegal, natural e que tinha várias outras vantagens, como foco, memória, que é algo que me ajudou muito. Fora isso, eu voltei para a ioga, comecei a fazer exercício físico.", acrescentou.

"Gosto de controlar. E aquilo começou a me dar angústia. Daí minha terapeuta falou: toma o CBD. O CBD é uma coisa muito mais a longo prazo, até porque é feito de uma planta, né?". O remédio é natural. O canabidiol é uma substância retirada da cannabis sativa (maconha) sem psicoativos, que age sob o sistema nervoso central e tem efeitos terapêuticos.

O tratamento foi aliado com exercícios e ioga. Deu certo, mas daí veio a pandemia.

"O canabidiol tinha várias vantagens, como foco, memória, que é algo que me ajudou muito", explicou.

Na pandemia, Ingrid manteve a terapia, os exercícios físicos e a ioga. No período de maior reclusão durante a quarentena, fazia as aulas com seu professor de ginástica, Chico Salgado, online. Além de subir e descer os nove andares de seu prédio de escada.

A moradora da zona sul do Rio de Janeiro falou sobre a pandemia: "Eu moro perto da praia. Mas, durante a pandemia, mesmo quando flexibilizou, eu não quis ir até lá. A gente fica falando 'fica em casa, fica em casa, fica em casa'. Não dá para a gente não dar o exemplo. De uma certa maneira, a gente tem o ônus e o bônus de ser atriz. Esse é o ônus."

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI