Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Denuncie!

Jéssica Ellen relata assédio que sofreu na infância e alerta: "Denunciem situações de abusos"

Em seu Instagram, a atriz compartilhou situação que viveu quando criança e agradeceu a ajuda que recebeu da mãe

Máxima Digital Publicado em 18/08/2020, às 10h33

Jéssica Ellen compartilhou o desabafo nas redes sociais.
Jéssica Ellen compartilhou o desabafo nas redes sociais. - Instagram

Jéssica Ellen abriu o coração e contou detalhes sobre situação difícil que viveu durante a infância. 

Em um texto super sincero e forte publicado nesta segunda-feira, 17, a atriz conta que foi assediada por um idoso, quando ainda era pequena. E aproveitou para alertar as pessoas da importância de denunciarem e ajudarem quem passa por uma situação como esta.

"Quando eu era criança e morava na Rocinha em frente a nossa casa tinha uma birosca.  Essa birosca era frequentada por muitos homens adultos. Entre esses muitos homens adultos tinham um velho branco com mais ou menos uns 70 anos", começou a atriz o relato. "Quando eu estava com a minha mãe e a minha irmã mais velha, ele ficava quieto e não mexia comigo. Sempre que eu estava sozinha na laje estendendo a minha calcinha, ele ficava chamando meu nome. Dizia que eu era muito bonita e que na casa dele tinha muitos doces", iniciou. 

"Eu tinha medo dele e tinha nojo também. Não sabia exatamente o porquê. Quando você é criança você sente o incômodo, mas não sabe muito bem dar o nome as coisas né? O olhar dele me dava nojo e era sempre assim: quando eu estava com algum adulto ele era silencioso, quando eu estava sozinha ele sempre me abordava. Eu estendia minha roupa íntima e descia correndo da laje", continuou.

Jéssica revela, como contou para a mãe: "Até que um dia contei para minha mãe que o velho ficava falando que eu era bonita (mesmo sendo apenas uma criança). Minha mãe na hora perguntou: o que ele fez? Ele te tocou? Eu disse: 'Não mãe, ele não me tocou, mas toda hora fica falando que eu sou bonita'. Minha mãe não mediu esforços para me defender, me assegurar de que ela era e é por mim".

Após relatar o ocorrido para mãe, Jéssica foi instruída a pedir ajuda caso houvesse uma segunda vez.

"Na próxima abordagem dele, desci e minha mãe subiu na laje como uma leoa. E a birosca que estava cheio de homens enchendo a cara de cachaça foi ficando vazia, vazia e o velho murcho ouvindo todas as palavras de uma senhora búfalo, minha mulher de Oyá defendendo suas crias. Ah minha mãe como você é f***. Como é bom ser sua filha", elogiou. 

Ela conta que depois daquele dia não o viu mais e não poupou elogios para a mãe.

"Minha mãe foi (e ainda é) por mim. Minha mãe, sempre atenta, forte guerreira me defendeu, me confirmou que o assédio do velho Branco era algo errado. Me livrou do possível pesadelo da pedofilia, um crime inadmissível. Mas, infelizmente muitas crianças têm suas vidas ceifadas, sua infância roubada e seu corpo invadido por homens tóxicos e criminosos", escreveu.

Jéssica também lamentou que muitas crianças têm sua infância roubada por conta de abusos e enfatizou a importância de denunciar.

"Hoje, já é adulta, penso que é fundamental que conversamos com nossas crianças. Mantenham diálogos de afeto e confiança. Denunciem situações de abusos. Uma criança de 10 anos não é capaz de gerar outra vida. Cuidemos nos nossos erês! Infância é para ser o momento mais puro e belo de nossas existências na terra".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Cuidemos dos nossos erês. 🌻💕🌿🪁🌸💎🍭🏓🪁💙🤸🏾‍♀️😘 #pedofiliaécrime

Uma publicação compartilhada por Jéssica Ellen (@jessicaellen) em

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI