Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Crime

Justiça determina prisão de ex-jogador profissional de vôlei; Saiba o motivo

Ex-jogador de vôlei é acusado de não pagar pensão alimentícia e justiça decreta prisão

Máxima Publicado em 01/09/2019, às 11h45 - Atualizado às 11h55

Ex-jogador de vôlei Giba
Ex-jogador de vôlei Giba - Reprodução

O ex-jogador de vôlei Giba não recebeu uma notícia muito boa no último dia 28.

Já fora das quadras, o atleta foi acusado pela ex-mulher, Cristina Pirv, de não pagar a pensão alimentícia dos filhos do casal, Nicoll e Patrick, e teve prisão decretada por 60 dias.

Apesar da decisão da justiça, a defesa de Giba conseguiu um habeas corpus de cinco dias para evitar que ele fosse encarcerado, de acordo com o "Saída de Rede", blog do portal UOL.

Ainda no ano passado, um pesadelo parecido aconteceu com ele, quando precisou quitar um débito de R$ 90 mil para a ex-mulher para não ser preso. A dívida de 2019 já está avaliada em R$ 200 mil.

O ex-jogador se pronunciou e disse que os valores da pensão não estão mais compatíveis com o que ele recebe mensalmente, afinal, não está mais jogando como profissional, mas até que ele atualize os dados e comprove o salário atual, a Justiça não poderá alterar a quantia.

 

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI