Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos / FURO?

Leo Dias defende jornalista que 'matou' Gugu Liberato antes da divulgação oficial

Leo Dias defendeu Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', após ela ter noticiado que Gugu Liberato havia falecido; apresentador está vivo, mas o estado é grave

Máxima Digital Publicado em 22/11/2019, às 07h22 - Atualizado às 09h08

Leo Dias - Instagram
Leo Dias - Instagram

O Brasil parou nesta quinta-feira, 21, após o apresentador Gugu Liberato ter se acidentado em sua casa, em Orlando, nos Estados Unidos e ser internado em estado gravíssimo.

O comunicador deu entrada no hospital americano com traumatismo craniano, e as expectativas dos médicos não são nada boas.

Apesar da assessoria de Gugu e do centro médico terem noticiado que ele estava sendo submetido a exames e que seu quadro não era bom, alguns veículos de notícia divulgaram que o contratado da Record TV havia falecido.

Uma das primeiras pessoas a noticiar a morte do apresentador foi a jornalista e colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', conhecida por muitos furos de reportagens no mundo dos famosos. Fábia chegou a publicar no fim da tarde de ontem uma nota dizendo que Gugu Liberato havia falecido aos 60 anos de idade.

Por volta das nove horas da noite desta quinta, foi divulgada uma nota oficial diretamente de dentro do hospital onde Liberato está internado, desmentindo sua morte:

"Nesta quarta-feira, 20, o apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente (uma queda) em sua casa em Orlando e encontra-se internado em observação. Gugu está na Unidade de Terapia Intensiva e vivo, sendo acompanhado pela equipe médica local. As informações que circulam sobre uma suposta morte do apresentador são inverídicas. Os familiares de Gugu chegaram a Orlando por volta das 19h30 desta quinta-feira e irão conversar pessoalmente com a equipe médica. De acordo com os procedimentos do hospital, somente amanhã, sexta-feira, um boletim médico será divulgado primeiramente à família. Assim como todos os familiares, amigos, fãs e profissionais de imprensa, estamos confiantes em sua recuperação e agradecemos as manifestação de apoio. Voltaremos a informá-los. Contamos com a compreensão de todos".

Em seguida, Fábia Oliveira sofreu ataques da web por ter 'matado' Gugu antes de saber o verdadeiro estado de saúde do apresentador. Leo Dias, por sua vez, defendeu a colega, dizendo que ela não foi a única a noticiar a 'fale news':

"Para quem quer criar intriga e dizer que o post anterior foi para a FÁBIA OLIVEIRA, está redondamente enganado. Esse programa de rádio da Band foi o primeiro a citar a suposta morte do Gugu e ela deu os créditos para ele. Eu e Fábia já conversamos algumas vezes sobre essa ansiedade dela, que é absolutamente natural, para quem acaba de assumir a coluna. Fabia é meu orgulho e em pouquíssimo tempo é uma das colunas mais citadas. O sucesso dela é o meu também. E eu expliquei pra ela que o peso da palavra escrita é muito maior do que algo dito numa rádio. Sinto informar, mas vocês estão atacando a pessoa errada", disse ele em seu Instagram (veja abaixo).

Nos comentários, os internautas dividiram opiniões:

"Mas ela deu a notícia, tá errada também", disse um.

"Tem que pensar na família. Essa notícia estragou meu dia", escreveu outra.

"Ela é maravilhosa! o povo que é cruel e desinformado", afirmou uma terceira.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI