Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Vida pessoal

Luana Piovani revela culpa em deixar os filhos para ir namorar: ''Difícil mas é preciso''

A apresentadora Luana Piovani comentou sobre a dificuldade em deixar os filhos para ir viajar, mas afirmou ser necessário tanto para ela, quanto para os pequenos

Máxima Digital Publicado em 16/11/2019, às 10h54 - Atualizado às 10h54

Luana Piovani
Luana Piovani - Instagram

Chegou o dia tão esperado por Luana Piovani, o dia de viajar para encontrar o namorado. Mas nem tudo são flores e a apresentadora comentou sobre a única dificuldade de decidir ir viajar: os filhos.

Em seu Instagram oficial, a ex-esposa de Pedro Scooby compartilhou uma foto já no avião com destino a Israel. Além disso, Luana também fez um live em seu canal no Youtube para conversar com seus seguidores e comentar sobre a culpa de deixar os filhos para ir 'namorar'. 

"Ontem tirei o uniforme e hoje to batendo asas. Fiz uma live faz pouco no #luanasemfreio falando da dificuldade/culpa em deixar os filhos e viajar. Quando a viagem é a trabalho fica um bocadinho mais fácil, mas dessa vez não. Vou namorar e passear mesmo. Difícil mas é preciso!", escreveu a loira na legenda da publicação.

Já no vídeo do Youtube, Luana começou falando sobre uma frequente pergunta feita por outras mães: "Como consigo me desgarrar dos pintinhos?" e ela aproveitou para comentar o assunto enquanto esperava o voo: "Difícil mas é preciso".

Para piorar, Luana contou sobre um ocorrido no dia de sua viagem: "Claro que o Bem teve febre. Graças a Deus o Pedro está em Portugal e passou para pegar as crianças (...) Acho que é um pouco emocional", opinou sobre o filho.

A mãe de Dom, Bem e Liz ficou uma semana longe de casa da primeira vez que foi à cidade de Ofek Malka, agora ela ficará 12 dias e contou como lidou com tudo isso, principalmente pela maternidade: "Estou indo namorar. Estou há 5 dias fazendo um processo digestivo para ir viajar e desfazendo a culpa que a gente tem por ser mãe. Quando eu saio para trabalhar é mais fácil, mas eu não estou saindo para trabalhar e mesmo assim eu me dou esse direito".

"É preciso, porque assim a gente se mantém vivo, se mantém feliz. Quando a gente vira mãe, claro que a gente vira em primeiro lugar mãe, mas a gente não pode esquecer amigos, e da mulher, da profissional". Certa ela!

Além de importante para ela, é também para os filhos: "Bom inclusive para as crianças irem criando mais independência e entenderem que você faz outras coisas da sua vida".

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI