Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Boa ação

Luciano Huck ajuda garota que trocava máscara por comida no Rio de Janeiro

Apresentador ficou comovido com a situação da família da menina e foi em busca de encontrá-las

Máxima Digital Publicado em 14/05/2020, às 15h26

Luciano Huck ajuda garota que trocava máscara por comida no Rio de Janeiro
Luciano Huck ajuda garota que trocava máscara por comida no Rio de Janeiro - Instagram

Uma foto comoveu a internet nesta última semana. No registro, a imagem de uma menina que estava no semáforo trocando máscara por comida. Com isso, Luciano Huck também ficou sentido com a foto que circulou na web e decidiu ajudá-la.

Ele não foi o único. Diversos artistas se solidarizaram com a situação e compartilharam o registro em suas redes sociais. Nego do Borel foi um dos primeiros a divulgar a foto pelo seu Instagram.

Porém, a vida da garota e sua família estão prestes a mudar. Na noite de terça-feira, 13, o global publicou um vídeo em seu perfil afirmando que dormiu pensando na situação.

"Ontem a noite, quando deitei na cama para ir dormir, eu tava olhando as redes sociais e, sendo justo, eu olhei o perfil do Nego do Borel, meu amigo que eu gosto, e eu vi essa foto. Isso me cortou o coração mesmo. Aí eu postei essa foto perguntando se alguém sabia quem era essa menina", começou.

Na sequência, ele contou que a garota se chama Ana Júlia, e estava ajudando sua mãe, Silvana, a arrecadar alimentos para a casa onde moram com a tia e mais três irmãos. A mãe perdeu o emprego de faxineira quando a crise começou. O encontro entre os dois aconteceu por meio de uma amiga, Giuline. 

"Nunca na minha vida, é a primeira vez, mas eu tenho vergonha dos outros acharem que eu estou pedindo, que eu estou usando minha filha para poder pedir, e eu jamais faria isso", afirmou Silvana.

Questionada por Luciano se esta era a primeira vez que faltava comida em casa, a matriarca foi sincera.

"Faltavam algumas coisas, coisas que a gente daria um jeito, mas agora foi de verdade. Você abrir um armário e não ter nada para comer. Não ter dinheiro para comprar um pão para o filho", explicou.

Por fim, o apresentador ficou comovido com a situação e disse que fará o possível para ajudar a família. 

“Nesse momento de angústia, de medo e de que não estamos no mesmo barco, as realidades estão muito diferentes. A gente tem que exercitar, mais do que nunca, a nossa solidariedade. Pensar no próximo e ajudar como a gente pode […]”, encerrou.

Ao jornal Extra, Luciano comentou: "Fiquei imaginando meus filhos, que têm a mesma idade (de Ana Júlia), naquela situação. É como eu tenho dito com bastante frequência: a solidariedade tem que ser mais contagiosa que o vírus".

Huck ainda analisou: "Ana Júlia e sua família são a materialização das consequências dessa pandemia nas famílias. Ela cuida dos filhos sozinha e pela primeira vez na vida abriu a geladeira e o armário e não tinha comida para as crianças nem para ela. E por isso foi para a rua tentar ajuda. Graças a Deus, hoje em dia, as pessoas estão olhando a sua volta e percebendo que estamos mais interconectados como nunca e que um problema na favela é o mesmo problema do asfalto. Eu fiquei muito tocado. Falei com a mãe (da Ana Júlia) e espero que eu tenha conseguido ajudar e fazer com que a família volte a ter um pouco de paz pelo menos por algum tempo".

Confira o vídeo:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ana Julia, que bom que nos encontramos pelo caminho. 🙏🏻

Uma publicação compartilhada por Luciano Huck (@lucianohuck) em

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI