Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos / Famosos

Modelo desabafa sobre receber críticas por ser bonita: "Me chamam de burra e sem estudo"

Emanuelly Monteiro, de 32 anos, conhecida pelas suas fotos sensuais, desabafou sobre o assunto

Máxima Digital Publicado em 25/05/2023, às 12h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Modelo desabafa sobre receber críticas por ser bonita: "Me chamam de burra e sem estudo" - Instagram
Modelo desabafa sobre receber críticas por ser bonita: "Me chamam de burra e sem estudo" - Instagram

Emanuelly Monteiro é conhecida pelo seu bumbum avantajado, com 128 centímetros de bumbum, e pelas fotos sensuais que postam em suas redes sociais. Porém, a modelo, que conta com mais de 1,5 milhão de seguidores, conta que sua beleza é motivo de crítica de alguns internautas.

"Diariamente quem trabalha com beleza sofre isso. Ouço coisas como: 'é bonitinha, mas é burra; não tem estudo e não tem profissão, acabou a internet vai morar na rua'", falou.

"As pessoas te julgam sem te conhecer. Dizem que não sei falar, mas falo, além do português, inglês, francês, espanhol e italiano", contou Emanuelly. 

"A internet te abraça e depois te bate", desabafou a modelo que revelou sofrer assédio dentro e fora da web. Apesar de tudo, Emanuelly contou que sempre faz questão de atender seus fãs: "Quando a pessoa está sem o celular, eu mesma faço a selfie e posto no meu Insta. O quer seria de mim sem os meus fãs?".

"As pessoas confundem a gente com uma vitrine. Não é porque posto foto de biquíni e mostro a marquinha que têm o direito de vir me tocar. Isso é uma falta de respeito gravíssima. Não é porque estou ali exposta que a pessoa vem tirar liberdade (comigo). Eu não aceito isso", falou.

"Na internet tem muito hater e tem ainda hater disfarçado. Diariamente recebo propostas perguntando se vendo vídeo ou pack de fotos (mais íntimas). Mas minha função no Instagram não é essa, e as pessoas confundem eu mostrar meu corpo e ter um estilo de vida bem espontâneo e querem passar dos limites", explicou.

"Dizem 'você é uma p*ta, está na internet, tem que me vender uma foto'. Mas não vou absorver esse tipo de coisa. Bloqueio e nem vejo", revelou.

"O problema é que no Instagram você responde por educação e as pessoas confundem. Eu posso aceitar um convite para o cinema e ser só amizade, sabe? Me chamam de mulher fácil, mas eu sou bem difícil", afirmou.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!