Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Luta!

No Dia Mundial do Câncer, Ana Furtado relembra doença e conscientiza seguidores

A apresentadora celebrou o dia do fim de seu tratamento e conscientizou aqueles que enfrentam o câncer

Máxima Digital Publicado em 04/02/2020, às 14h07

Ana Furtado relembra câncer de mama e conscientiza seguidores
Ana Furtado relembra câncer de mama e conscientiza seguidores - Instagram

Em 2018  Ana Furtado passou por um momento difícil em sua vida. A apresentadora foi diagnosticada com câncer de mama e passou por todos os procedimentos do tratamento.

Para relembrar essa vitória, ela comemorou o Dia Mundial do Câncer em seu Instagram oficial nesta terça-feira, 4. No clique compartilhado, Ana surgiu feliz no hospital ao lado da família comemorando o fim do tratamento: "Essa foto foi tirada no dia 14 de dezembro de 2018, dia da minha última sessão de radioterapia, meu último dia de tratamento. Ela representa tanto pra mim... E hoje compartilho essa lembrança por uma razão especial", começou na legenda da publicação.

Ana, além de explicar esse data, também conscientizou seus seguidores a respeito do diagnóstico preventivo: "Hoje, dia 4 de fevereiro, é o #DiaMundialDoCâncer. Data que simboliza a luta pela prevenção da doença e conscientização. Conscientização da importância de ir ao médico com regularidade, de ter seus exames em dia, de manter hábitos saudáveis física e mentalmente. Porque quanto mais cedo houver um possível diagnóstico, maiores são as chances de cura".

"O dia de hoje também pede que tenhamos consciência de que o momento do diagnóstico é duro, de que os tratamentos não são simples, de que câncer é difícil... mas não é uma sentença de morte. É preciso consciência de que a cura é possível. De que, por mais árdua que seja essa batalha, você pode sair dela vencedor ou vencedora. Com fé, com força e com o amor daqueles que amamos (e isso inclui nós mesmos), superamos os mais difíceis desafios. A fé e o afeto podem nos fortalecer de maneira extraordinária", continuou.

Para aqueles que enfrentam a doença, a esposa de Boninho ajudou a conhecer a realidade, mas também como ser positivo nesse momento: "Para quem vive o câncer, como paciente ou pessoa próxima, é preciso compreender e também ter consciência de que virão dias de dor, choro, medo. E tudo bem. Faz parte do processo. É humano, fortalece. Os dias de luz, coragem, felicidade, superação também vêm".

Por fim, a apresentadora comentou sobre a importância de viver a vida, mesmo com câncer: "Mas, independentemente do dia, busque vivê-lo intensamente. Busque contemplar a vida como ela merece ser contemplada. Apreciar cada detalhe. Ressignificar sua existência e valorizá-la. Porque nessa vida (a única que temos!) nenhum medo pode ser maior que a nossa alegria e vontade de viver!"

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Essa foto foi tirada no dia 14 de dezembro de 2018, dia da minha última sessão de radioterapia, meu último dia de tratamento. Ela representa tanto pra mim.... 🙏🏼🌟 E hoje compartilho essa lembrança por uma razão especial. Hoje, dia 4 de fevereiro, é o #DiaMundialDoCâncer. Data que simboliza a luta pela prevenção da doença e conscientização. Conscientização da importância de ir ao médico com regularidade, de ter seus exames em dia, de manter hábitos saudáveis física e mentalmente. Porque quanto mais cedo houver um possível diagnóstico, maiores são as chances de cura. O dia de hoje também pede que tenhamos consciência de que o momento do diagnóstico é duro, de que os tratamentos não são simples, de que câncer é difícil... mas não é uma sentença de morte. É preciso consciência de que a cura é possível. De que, por mais árdua que seja essa batalha, você pode sair dela vencedor ou vencedora. Com fé, com força e com o amor daqueles que amamos (e isso inclui nós mesmos), superamos os mais difíceis desafios. A fé e o afeto podem nos fortalecer de maneira extraordinária. Para quem vive o câncer, como paciente ou pessoa próxima, é preciso compreender e também ter consciência de que virão dias de dor, choro, medo. E tudo bem. Faz parte do processo. É humano, fortalece. Os dias de luz, coragem, felicidade, superação também vêm. Mas, independentemente do dia, busque vivê-lo intensamente. Busque contemplar a vida como ela merece ser contemplada. Apreciar cada detalhe. Ressignificar sua existência e valorizá-la. Porque nessa vida (a única que temos!) nenhum medo pode ser maior que a nossa alegria e vontade de viver!

Uma publicação compartilhada por Ana Furtado (@aanafurtado) em