Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos / No topo

No topo! Ludmilla rebate ataques racistas: "'Vai ter preta em posição de destaque, sim"

A funkeira se posicionou sobre os ataques racistas que vem recebendo os últimos dias após briga com Anitta

Máxima Digital Publicado em 17/06/2020, às 18h36

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ludmilla se posicionou sobre os ataques racistas que vem recebendo os últimos dias após briga com Anitta - Instagram
Ludmilla se posicionou sobre os ataques racistas que vem recebendo os últimos dias após briga com Anitta - Instagram

Nesta quarta-feira, 17, Ludmilla se posicionou  sobre os ataques racistas que tem sofrido nas redes sociais desde a última segunda-feira, 15. Os ataques se intensificaram após a funkeira expôr conversas com Anitta.

Ela apareceu respondendo a uma publicação do perfil Potências Negras, no Instagram. Nos comentários, ela afirmou: "O povo preto é consciência e resistência", dizendo que continuará lutando contra o preconceito racial.

A página antirracista publicou imagens de Lud e a defendeu. "Apesar de todas as credenciais, essa mulher preta de excelência ainda é alvo de um racismo cruel. (...) Ludmilla, saiba que o povo preto está com você", dizia o compartilhamento.

Por sua vez, a cantora agradeceu a nota de solidariedade e escreveu: "O povo preto é potência e resistência. O racismo criminoso é uma tentativa de tirar nossa humanidade. Só que a gente não vai se calar e não vai abaixar a cabeça. Tenho orgulho e consciência do lugar que ocupo. Quando falo, não é só por mim, mas por todos nós, que sofremos diariamente com o racismo. Além de continuar denunciando, vou continuar fazendo meu trabalho como venho fazendo. Porque, aceitem, vai ter preta em posição de destaque, sim!".

A dançarina Brunna Gonçalves, esposa da cantora, também se pronunciou sobre os ataques à parceira. Ela compartilhou o post do perfil e rebateu: "Só de sermos mulheres, já somos excluídas e descriminadas. Imagina sendo uma mulher, PRETA e GAY! Fiz questão de escrever estas palavras em caixa alta para vocês perceberem que não há vergonha alguma nisso. Eu tenho muito orgulho dessa mulher preta, a minha mulher".

Os ataques conta Lud fizeram Anitta também se pronunciar. Ela criticou os ataques por meio da função Stories do Instagram: "Criminosos covardes que se dizem meus fãs propagando mensagens de racismo e injúria racial nas redes sociais. Já disse e repito: isso é abominável e inadmissível!", disse a cantora. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!