Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Polêmica

Paula Toller vence ação que moveu contra o PT e deve receber R$ 100 mil

A loira processou o partido pelo uso da música Pintura Íntima

Máxima Digital Publicado em 20/12/2019, às 13h52

A cantora venceu o processo que moveu contra o partido por uso indevido de sua música
A cantora venceu o processo que moveu contra o partido por uso indevido de sua música - Instagram

Paula Toller é uma cantora que marcou o Brasil com sua voz aveludada e seus cabelos loiros. Porém, não foi sua beleza estonteante, juventude ou talento que viraram notícia nos últimos tempos, mas sim uma briga judicial que ela entrou!

Isso mesmo, a ex-vocalista do Kid Abelha, moveu em julho deste ano uma ação contra o Partido dos Trabalhadores (PT) e Fernando Haddad por uso indevido do conteúdo do grupo e de sua imagem e venceu!

A mãe de Gabriel deve receber R$ 100 mil de indenização do partido e do político por eles terem utilizado a música Pintura Íntima em campanha eleitoral sem sua prévia autorização. 

A propaganda começava com a imagem de um dos integrantes da banda, Jorge Israel, tocando sax. E continuava com a autora cantando e dançando o refrão “Fazer amor de madrugada, Amor com jeito de virada.”

A loira e o cantor Leoni escreveram a música juntos na época da banda Kid Abelha. Ele também acabou sendo processado porque autorizou utilização da faixa na campanha sem avisá-la e conforme informações da Folha de S.Paulo, Toller deve receber uma indenização de R$ 50 mil de seu ex-parceiro.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI