Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram Máxima
Famosos » ACABOU

Teve treta! Por ciúmes, chega ao fim o relacionamento de Henrique Fogaça e Carine Ludovic

O chef de cozinha e estava com a designer há 4 anos

Máxima Digital Publicado em 16/07/2019, às 18h44 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Henrique Fogaça e Carine Ludovic
Henrique Fogaça e Carine Ludovic - Reprodução/Instagram

Henrique Fogaça e Carine Ludvic não estão mais juntos.

O chef de cozinha e a designer ficaram juntos por quatro anos, e parece que, mesmo com muita história pra contar, o término parece não ter sido muito amigável.

Os dois deixaram de se seguir nas redes sociais por conta de uma suporta crise de ciúmes de Carine. 

A moça já havia exposto em suas redes algumas desavenças com o jurado do 'Master Chef Brasil'.

Fogaça tem três filhos, Pedro e Olivia, frutos de seu casamento com a ex-esposa Fernanda Corvo, e Maria Letícia, de um relacionamento breve após a primeira separação.

O dono do 'Sal Gastronomia' não permitiu sua assessoria de divulgar o porquê do término do relacionamento, e nenhum outro detalhe além da confirmação do rompimento.

PEDIDO DE DESCULPAS APÓS FOTO COM FREIRAS

Henrique Fogaça viu seu nome ser alvo dos internautas na última semana ao publicar uma foto ao lado de duas freiras no Vaticano.

Os ataques ao cozinheiro por conta da camiseta em que estava usando na ocasião: a estampa era de duas religiosas se beijando.

"Pedindo a benção. Orai pornós. Prega per noi. Pray for us", legendou ele.

Com o post em seu Instagram, o jurado do 'MasterChef', da Band, foi criticado e apedrejado pela "falta de respeito" aos católicos.

Padre Fábio de Melo, um dos religiosos mais conhecidos do Brasil, foi uma das pessoas que detonaram o roqueiro:

“Usar a imagem de duas pessoas que lhe dedicaram gentileza, expondo-as ao ridículo, colocando-as como coadjuvantes de seu protesto, está longe de ser uma atitude de ‘pessoa do bem’”, escreveu ele em seu Twitter.

Com toda a repercussão, Fogaça decidiu se retratar e pedir desculpas aos seus fãs, seguidores e aos religiosos.

Em seu Instagram, o chef publicou um vídeo dizendo que foi infeliz ao publicar a imagem, e pediu tolerância:

"Somente Deus pode julgar minhas atitudes. E, por essa razão, em respeito ao modo de pensar da minha família, meus amigos e seguidores, venho pedir desculpas. Acredito que cada um tenha um modo de entender o mundo. Em momento algum eu tive a intenção de desrespeitar, principalmente a Deus, com a foto ou vídeos que fiz. Fui, sim, infeliz em expor meus pensamentos. Acredito que cada tenha suas convicções. E, expô-las nos faz ficar no 'Olho do furacão'. Mas, como ser humano, eu erro. E, com meu erro, cresci espiritualmente para a cada dia, poder dar melhores exemplos aos meus filhos. O meu pedido de desculpas é sincero a todos os que se sentiram ofendidos e vem do fundo do meu coração. Perdoar não é concordar com meus atos. Perdoar é um ato de amor. Quem perdoa, cresce. Quem é perdoado, renova-se", escreveu ele na legenda.

No vídeo, Henrique disse ter sido criado na Igreja Católica, e pediu mais tolerância às pessoas.