Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Que situação...

Youtuber alega discriminação por motorista de aplicativo: ''Cancelou a corrida''

Spartakus Santiago diz que foi vítima por ser gay e morar em um bairro da zona norte do Rio de Janeiro

MÁXIMA Digital Publicado em 20/05/2019, às 09h00 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Spartakus Santiago
Spartakus Santiago - Reprodução/Instagram

Spartakus Santiago passou por um perrengue no último domingo, 19! O youtuber disse que foi discriminado ao tentar pegar um táxi de aplicativo no Rio de Janeiro por ser gay. Dá para acreditar?

No Instagram, o influenciador digital postou um vídeo do momento e contou o que aconteceu: "Mais uma vez humilhado por um motorista! Ele cancelou a corrida quando eu me aproximei e quando eu perguntei o motivo, a resposta foi a seguinte: “Eu sou obrigado? Pára de filmar essa p@#$% aí, seu viado” Tudo isso porque eu sou gay e moro em um bairro da zona norte. Me respeitar é tão difícil? Nós também somos gente! Eu não tenho culpa de ser viado! Eu não tenho culpa de não conseguir morar num bairro rico! Eu não entendo porque eu não consigo pegar um simples táxi sem ser ofendido e ridicularizado! Essa é a segunda vez que passo por isso."

O post de reclamação teve grande repercussão. Nos comentários, Thais Carla demonstrou seu apoio: "Estou com você, amigo. Já passei por situações constrangedoras com este aplicativo."

Lázaro Ramos, Sérgio Malheiros e Preta Gil foram outros artistas que se manifestaram.

Em resposta, no Instagram da empresa, eles explicaram que baniram aquele motorista da plataforma e que repudiam qualquer forma de preconceito.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI