Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Gugu Liberato » Tristeza

''Exatamente 10 anos após o pai'', revela mãe de Gugu Liberato sobre morte do filho e do marido

Mãe de Gugu Liberato contou a Luis Bacci que velou o marido exatamente há 10 anos

Máxima Digital Publicado em 28/11/2019, às 13h03 - Atualizado às 14h23

Luiz Bacci conversou com Dona Maria do Céu durante velório de Gugu Liberato
Luiz Bacci conversou com Dona Maria do Céu durante velório de Gugu Liberato - Manuela Scarpa

Dona Maria do Céu fez uma revelação emocionante para Luiz Bacci durante o velório de Gugu Liberato. 

A mãe do apresentador falecido na última sexta-feira, 22, após um grave acidente doméstico em Orlando, EUA, compareceu a cerimônia de despedida do filho nesta quinta-feira, 28, em uma cadeira de rodas e o jornalista da Record TV conseguiu conversar com ela.

Em conversa com o apresentador do 'Cidade Alerta', Dona Maria, de 90 anos, contou que velou o pai do artista na mesma data 10 anos atrás e o enterrou no dia 29 de novembro de 2009, o mesmo dia que o corpo de Gugu será enterrado. 

O comunicador contou que ele mesmo não queria ir ao local onde estaria o caixão, porque tal situação mexe muito com suas emoções.

"Prometi que não ia mais em velório desde o velório do Marcelo Rezende. Essa não é a imagem que eu quero guardar das pessoas, mas quando eu acordei, vi a imagem do João Augusto [filho mais velho de Gugu] e aquela cena me lembrou eu no velório do meu pai. Então, eu vim aqui com uma missão", disse ele.

LUIZ BACCI DÁ SUPORTE AO FILHO DE GUGU LIBERATO

O apresentador do "Cidade Alerta", programa jornalístico da Record TV, falou com os jornalistas presentes no local um dos principais motivos por estar presente nesse dia: dar suporte a João Augusto, filho do falecido. 

"Eu vim para consolar o João. Quando eu vi o João chegando com pai me veio a cabeça a minha imagem de 13 anos atrás quando eu perdi meu pai", contou. 

O renomado jornalista explicou que havia um tempo que não tinha contato com essa situação, mas que estava disposto a prestar todos os auxílios que o jovem precisar: "Eu não via mais velório e enterro desde o Marcelo Rezende, [em setembro de 2017]. Ele tem mais condição psicológica, mas eu recebi essa imagem do João e fui chamado  para tentar passar para ele um pouco da experiência da dor do luto que é a perda de um pai."

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI