Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

4 passos para não deixar que situações ruins se tornem tristezas repetitivas

Nem todo mundo sabe lidar da melhor maneira com as situações desagradáveis que nos deparamos ao longo da vida. Conheça as dicas da psicoterapeuta Maura de Albanesi

Máxima Digital Publicado em 26/03/2015, às 16h04 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Passos para a felicidade
Passos para a felicidade - ShutterStock
Furar o pneu do carro, terminar o namoro e não não passar na entrevista de emprego são algumas das situações que podemos nos deparar ao longo dos dias e que, com certeza, trarão certa tristeza e até vontade de desistir de tudo. Mas antes de deixar o desespero dominar, que tal tentar enxergar o lado bom? Esse é um trabalho de fácil treinamento, segundo a psicoterapeuta Maura de Albanesi. Ela explica que o aparelho psíquico é composto por duas instâncias da mente. "A mente consciente é onde eu decido as coisas, meu lado racional; a mente inconsciente é onde armazeno as coisas — e de onde vem o sentimento. A comunicação entre as duas é automática." Então, a chave para enxergar a vida com outros olhos, segundo Maura, é guardar, no inconsciente, impressões positivas do que aconteceu. E por conta dessa comunicação automática (consciente e inconsciente), muitas vezes quando nos deparamos com algumas situações fora do comum, nos sentimos mal. "Por isso, às vezes parece que a vida vai simplesmente se reeditando e muitas vezes sentimos como se a nossa vida se resumisse a lados negativos: de novo me sinto rejeitada, de novo me sinto abandonada." E mais: o acúmulo de sensações ruins guardadas no inconsciente desemboca, de acordo com a especialista, em estagnação — quando a vida parece estar chata —, em depressão ou em ansiedade. 

+ Dia mundial da felicidade: dicas para se tornar uma pessoa mais feliz

Os 4 passos para não tornar essa tristeza em algo rotineiro são: Limpar, reciclar, recontextualizar e confiar. É necessário entrar em contato consigo mesmo e tentar entender o porquê de certas ocorrências trazerem sensações negativas. Após isso, é possível, segundo Maura, limpar o arquivo mental. "O que você precisa tirar? O que não te serve mais."
Outro ponto importante, para Maura, é recontextualizar. "Para mudar a realidade, faço uma limpeza nos meus filtros internos e tenho que recontextualizar a minha vida e saber que a cada pensamento, a cada emoção, eu estou emitindo um tipo de energia que vai se materializar", pontua. Por fim, dessa maneira é possível ter confiança e verificar que o que ocorreu no passado não necessariamente precisa acontecer no presente.  ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI