Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Manter um olhar positivo sobre a vida é o primeiro passo para futuro melhor

A esperança reforça as razões para seguir em frente e nos coloca numa posição atuante. Veja como viver o lado bom

Máxima Digital Publicado em 02/02/2015, às 12h33 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Amanhã será um lindo dia... - Shutterstock
Amanhã será um lindo dia... - Shutterstock

Especialistas recomendam: siga o caminho do otimismo e da esperança. Isso porque, ainda que encare uma situação adversa, o otimista vê uma luz no fi m do túnel e luta pela solução. E se, ainda assim, as coisas derem errado, ele até sofre, mas logo pensa que tudo vai melhorar. “Ser positivo permite lidar com o que não foi bom com tranquilidade, pois traz a convicção de que nada acontece por acaso”, diz a coach Heloísa Capelas (SP). Não é só isso: os momentos de contentamento dos otimistas tendem a durar mais, já que eles apreciam e desfrutam dessas vivências. Até a saúde dessa turma se beneficia: encarar a vida positivamente reduz a chance de desenvolver doenças cardiovasculares e reforça as defesas do corpo. “O nosso pensamento e as nossas crenças desencadeiam respostas fisiológicas. Enquanto o bom humor e o otimismo produzem serotonina, que gera bem- estar, o mau humor e o pessimismo estimulam o cortisol, hormônio do stress, que prejudica o sistema imunológico e pode elevar a pressão arterial”, pontua o neurocientista Jô Furlan (SP). Portanto, adote uma postura positiva já!

SINTONIZE A SUA VIBRAÇÃO
Reunimos aqui algumas dicas que vão conduzi-la a um estado mental positivo. Assim, você vai esperar (e buscar!) o melhor deste ano novinho em folha que começa agora, cheio de boas possibilidades

Olhe para a frente
Um dos principais erros dos pessimistas é ficar remoendo os fracassos e dissabores do passado, hábito que estimula a descrença, o desânimo e a apatia. “O passado deve servir como uma ferramenta de análise de cenário. Você o consulta, identifica os erros cometidos, aprende com eles e traça um planejamento mais estruturado para ir adiante com uma perspectiva melhor”, orienta a coach e analista comportamental Cibele Nardi (SP). No mais, amiga: é vida que segue.

Permita-se acreditar
O medo de se desvincular da realidade e ser surpreendida por um acontecimento ruim atrapalha a decisão de tornar-se esperançosa. “É preciso ver as possibilidades em vez de brecar diante dos problemas”, diz Jô Furlan. “Inspire-se no exemplo dos cirurgiões: todos eles contam com algum risco. Mas, para seguir em frente, pensam quanto aquela  intervenção vai melhorar a vida do paciente. Acredite e prepare-se para alcançar; duvide e espere para fracassar”, finaliza.

Defi na o que você quer ser amanhã
Onde quer estar? Quais atividades deseja fazer? No que gostaria de se dedicar mais? Pensar sobre essas questões é uma boa maneira de começar a prever um futuro de realizações. Afinal, quando as coisas que nos movem, de fato, vão sendo deixadas de lado, fica difícil reunir motivação para encarar mais um dia. “Muitas vezes é preciso abrir mão dos  nossos prazeres momentâneos e arregaçar as mangas para fazer acontecer algo maior. Mas não vale uma renúncia completa e constante, senão a vida perde a graça”, diz Cibele. Uma ideia? Monte um mural com imagens e frases que lembrem essas paixões e contemple-o diariamente. Uma vez por semana, analise quanto está conseguindo incorporar esses itens no seu cotidiano. Se a resposta for insatisfatória, trace planos para aumentar a frequência: remaneje compromissos na agenda, inscreva-se naquele curso de uma vez por todas...

Invista nos bons sentimentos
Heloísa Capelas compara o ser humano a uma usina de energia. “O que você coloca dentro de si mesma alimentará os seus resultados”, explica. Portanto, só utilize combustíveis da melhor qualidade! Amor-próprio, compaixão, ciência das suas capacidades e dos seus limites: tudo isso ajuda a construir uma personalidade mais equilibrada e, consequentemente, um futuro mais esperançoso e produtivo.

Cruze a linha da crença
Uma fábula conta que, durante uma grande inundação, um homem de fé inabalável rogou a Deus por ajuda para não morrer afogado sobre os escombros da sua casa. Após algum tempo, um barco ofereceu socorro, mas o homem recusou. “Deus irá me salvar!” Minutos depois, um avião passou e o piloto começou a fazer o resgate, mas foi dispensado. “Não, não preciso. O Senhor virá ao meu socorro.” Então o nível da água subiu rapidamente e o homem, sem saída, morreu. Chegando ao céu, questionou Deus: “Pai, sempre fui fiel à tua palavra, mas, quando precisei de Ti, acabei morrendo. Por que me deixaste, Senhor?”. A resposta foi dada prontamente: “Meu filho, tanto ouvi o que pediste que enviei um barco e um avião para salvá-lo”. Moral da história: acreditar, por si só, não adianta nada se não fizermos escolhas e agirmos. “Vigie os seus pensamentos para eles serem positivos, mas não fi que só na mudança emocional. Pegue a sua lista de pendências, escolha a mais fácil de ser realizada e tente resolvê-la numa semana, empregando o esforço necessário, sem desculpas ou enrolação”, sugere Heloísa. As pequenas conquistas lhe darão ânimo para buscar objetivos mais complexos e trabalhosos.

X DA QUESTÃO
O nosso cérebro foi programado para detectar e reagir às ameaças — essa é uma das razões pelas quais somos mais atentos às coisas negativas. No entanto, com treino, podemos priorizar o lado bom da vida

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI