Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Amor de Mãe

Amor de Mãe: Álvaro encomenda a morte de Raul e acaba baleado

O empresária vai mandar matar o sócio e se dar mal

Máxima Digital Publicado em 08/02/2020, às 16h07

Álvaro manda matar Raul e acaba baleado
Álvaro manda matar Raul e acaba baleado - TV Globo

Em Amor de Mãe, Álvaro (Irandhir Santos) vai mandar matar Raul (Murilo Benício) e contratará Penha (Clarissa Pinheiro) para fazer o serviço, que terceirizará o assassinato, e o atirador acertará o disparo no mandante do crime.

Segundo o portal Notícias da TV, o capítulo do próximo dia 22 terminará com um banho de sangue durante a cerimônia de troca de presidentes da PWA.

O pai de Vinícius (Antonio Benicio) vai conseguir que o conselho da empresa vote para escolher quem ficará no comando: ele ou o personagem de Irandhir Santos. Os dois viraram inimigos após o filho de Raul morrer.

O pai de Sandro (Humberto Carrão) apresentará mudanças para a empresa não poluir mais o meio ambiente e desta forma, conseguirá novos investidores. O empresário contará com Davi (Vladimir Brichta), Vitória (Taís Araujo) e Betina (Isis Valverde) para fazer um projeto de gestão sustentável e limpar a imagem da empresa de plástico.

Ao mesmo tempo, Belizário (Tuca Andrada) sumirá do mapa. Ele sequestrará Betina a mando de Álvaro, mas a enfermeira conseguirá fugir do cativeiro e escapar da morte com a ajuda de Amanda (Camila Márdila).

A ex-noiva de Magno (Juliano Cazarré) acusará o milionário de mandar matá-la, mas ele vai negar. Álvaro reconhecerá a filha de sua babá como irmã e até tratará a enfermeira bem.

Com o comandante de polícia fora de circulação, Penha avisará o marido de Verena (Maria) que assumiu os negócios do amado e ele vai lhe encomendar a morte de Raul.

Mas depois de perder o cargo de presidente da PWA, Álvaro começará a ter atitudes muito estranhas. Entre elas, está o fato de o mau-caráter entrar na frente de Raul durante o disparo e salvar sua vida. O motivo dele se deixar alvejar pelo tiro destinado ao inimigo é mantido em sigilo pela autora da novela, Manuela Dias.