Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Big Brother Brasil 20

BBB20: Petrix Barbosa não reconhece assédio e delegada aguarda Bianca Andrade e Flayslane para depoimento

A investigação seguirá após saída das sisters do reality

Máxima Digital Publicado em 11/02/2020, às 09h52

Petrix Barbosa é acusado de importunação sexual dentro do BBB20
Petrix Barbosa é acusado de importunação sexual dentro do BBB20 - Instagram

O processo envolvendo a acusação de assédio de Petrix Barbosa, ex-BBB20, está longe de chegar ao fim. 

Segundo a delegada Catarina Noble, da Delegacia de Amparo à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, o participante não reconheceu malícia em seus gestos em depoimento prestado na última sexta-feira (07). 

O ex-brother e seu advogado não conversaram com a imprensa no dia. 

Catarina afirmou em entrevista ao UOL que a investigação continuará e os depoimentos de Bianca Andrade e Flayslane serão prestados assim que saírem do programa, para que não exista prejuízo para nenhuma durante o Big Brother e cause expulsão por contato externo.

O atleta é acusado de importunação sexual em duas atitudes. A primeira situação aconteceu com Boca Rosa durante uma festa. A sister estava embriagada e Petrix teria encostado em seus seios. Com Flayslane, a acusação é de que o brother teria esfregado a genitália em seu corpo. 

A assessoria do atleta mostrou-se disposta a contribuir com as autoridades sobre o ocorrido e elucidar os acontecimentos. Segundo eles, Petrix nunca teve intenção de importunar, constranger e magoar ninguém. 

Catarina também cuida de outra acusação de assédio dentro do BBB20. A delegada é responsável pela investigação de Pyong Lee dentro do reality.