Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Éramos Seis

Éramos Seis: Afonso sofre acidente na guerra e fica entre a vida e a morte

O dono do armazém vai passar por maus bocados durante a guerra

Máxima Digital Publicado em 21/02/2020, às 13h57

Afonso desvia de bomba inimiga e sofre grave acidente na estrada
Afonso desvia de bomba inimiga e sofre grave acidente na estrada - TV Globo

Em Éramos Seis, Afonso (Cássio Gabus Mendes) vai ficar entre a vida e a morte.

Segundo o portal Notícias da TV, o dono do armazém precisará desviar de uma granada jogada pelas tropas getulistas contra a sua caminhonete. Ele será arremessado pelos ares ao se chocar com uma árvore nas cenas que serão exibidas a partir da próxima quinta-feira, 27. 

O comerciante colocará o próprio pescoço em risco ao levar mantimentos para os soldados paulistas no front em Itapetininga. Durante a sua viagem, ele encontrará Clotilde (Simone Spoladore) por um acaso nas ruas da cidade. A mulher bancará o cupido e armará um encontro para o pai de Inês (Carol Macedo) se acertar com Lola (Gloria Pires). 

Antes de partir para concluir a sua missão, Afonso prometerá para a mãe de Alfredo (Nicolas Prattes) que vai dar um jeito de se livrar de Shirley (Bárbara Reis) assim que a guerra acabar. 

"Temos planos, os mesmos desejos, precisamos avançar. Quero a senhora bem perto de mim. Voltando para casa, a Shirley vai embora. E não temos mais impedimentos", afirmará ele. 

Após uma breve despedida, Lola levará o personagem de Cássio Gabus Mendes até o portão, com o coração apertado. Ela ainda revelará a Maria (Denise Weinberg) que, dessa vez, está disposta a contar sobre seu namoro com os filhos. 

"Quando Júlio [Antonio Calloni] se foi, lembra que me encojarou a seguir em frente, mãe? Pois bem, resolvi dar uma chance ao amor agora", disparará.

A felicidade dos dois, porém, será interrompida quando o proprietário da quitanda se deparar com o exército getulista lançando granadas contra a estrada. 

Assustado pelas explosões, ele jogará o volante bruscamente para desviar das bombas e se chocará contra uma árvore. Em seguida, o folhetim mostrará Afonso em um leito de hospital, debaixo de um mosquiteiro, sem nenhuma identificação.

Ardendo em febre, ele será mais uma das vítimas de uma epidemia de tifo que se alastrará com o fim da Revolução de 1932.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI