Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Éramos Seis

Éramos Seis: Lola dá adeus a mais um filho, aos prantos

A matriarca ficará muito triste com a partida de Isabel

Máxima Digital Publicado em 17/02/2020, às 14h18

Lola chora com casa vazia após dar adeus a mais um filho
Lola chora com casa vazia após dar adeus a mais um filho - TV Globo

Em Éramos Seis, mesmo sem a bênção de Lola (Gloria Pires), Isabel (Giullia Buscacio) abandonará a casa da família para viver com Felício (Paulo Rocha). 

Segundo o portal Notícias da TV, com a reputação destruída pelos barracos de Zulmira (Luciana Braga), a menina fugirá de São Paulo na calada da noite para recomeçar a sua vida em outra cidade com o advogado. 

A jovem vai cair na boca do povo quando a megera armar uma confusão na porta da residência dos Lemos. A víbora arrastará o nome da rival na lama na frente de toda a vizinhança. 

"Se continuar seduzindo meu marido, se continuar com a pouca vergonha, vou à polícia. Concubina merece a vergonha", gritará ela.

Com a honra da família destruída, a viúva suplicará aos prantos para que a filha se afaste de uma vez por todas do sobrinho de Marcelo (Guilherme Ferraz). 

"O que será da sua vida se ele não conseguir se separar? Acho que você nunca vai se livrar do passado desse homem. Essa Zulmira vai se encarregar da sua infelicidade. Vai viver cada dia para tirar tudo que o Felício tem", alertará a matriarca.

Apesar dos conselhos maternos, a jovem continuará a se encontrar com o amado. O casal voltará a ser incomodado pela madame nas cenas que serão exibidas a partir do próximo dia 3. 

De mãos dadas, os dois serão surpreendidos pela personagem de Luciana Braga durante um beijo. 

"Bate a chapa! Bate! Eterniza este momento lindo, é a prova que eu quero", berrará a mulher, acompanhada de um fotógrafo.

"É a prova cabal que meu marido, casado ainda, tem uma concubina teúda. Vejam isso, vejam. Que vergonha!", dirá.

Sob os olhares de reprovação dos outros clientes, Isabel será obrigada a deixar o estabelecimento às pressas. 

"Homem casado que tem concubina comete crime. Previsto em lei com pena de detenção. Pode até dizer que não se prendem muitos homens por isto neste país, senão as cadeias estariam cheias", ameaçará Zulmira, em alto e bom som.

A vilã não ficará apenas na promessa e denunciará Felício por adultério. O advogado precisará prestar depoimento na delegacia. 

"Até provar nossa separação de corpos, ela pode nos dar muita dor de cabeça. Isabel, não estou vendo outra forma de agir. No momento, para ter sossego, teremos que ir embora, sumir", sugerirá ele.

Isabel será pega no flagra por Lola com malas prontas para deixar a capital paulista no meio da madrugada. 

"O que está fazendo? Vai embora, filha? Embora para onde? Não está vendo as coisas com clareza. Vai viver com esse homem já, mas em que condições?", reclamará Lola.

"Não tenho medo. Não vou suportar viver longe de Felício. Não vou! A decisão já está tomada. E ele já está chegando para me buscar", teimará a garota.

Antes de sair às escondidas para não ser vista pelos vizinhos, Isabel ainda pedirá para ser benzida pela mãe. 

"Temos que nos proteger. Me dá sua bênção", implorará a moça, diante do rosto desolado de Lola. 

"Minha bênção?", questionará a mãe.

A personagem de Giullia Buscacio perceberá a hesitação de Lola e não se conformará com tanto desprezo. 

"Não preciso de bênção, não se preocupe. Obrigada pelo seu apoio", debochará. 

Com lágrimas nos olhos, a quituteira ficará abraçará com Alfredo (Nicolas Prattes), o único de seus quatro filhos a permanecer ao seu lado. 

"Eu deveria ter dado... Eu devia ter dado a bênção", lamentará a personagem de Gloria Pires, enquanto o carro de Felício se afastará na escuridão.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI