Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Fina Estampa

Fina Estampa: Beatriz se junta a inimiga de Danielle para destruir a médica

A funcionária de Griselda vai se unir a Celina para acabar com Danielle

Máxima Digital Publicado em 20/07/2020, às 12h30

Beatriz se junta a inimiga de Danielle para destruir a médica
Beatriz se junta a inimiga de Danielle para destruir a médica - TV Globo

Em Fina Estampa, Beatriz (Monique Alfradique) se munirá de aliados poderosos para enfrentar Danielle (Renata Sorrah) nos tribunais.

Segundo o portal Notícias da TV, a funcionária de Griselda (Lilia Cabral) descobrirá que Vitória é sua filha biológica e se unirá a Celina (Ana Rosa) para acabar com a carreira da médica. A avó de Pedro Jorge (Vitor Colman) já trava uma batalha judicial com a personagem de Renata Sorrah para conseguir a guarda do garoto.

Nas cenas previstas para irem ao ar em 1º de agosto, a arquiteta irá conversar com um advogado junto com Celina e o repórter Beto (Danilo Sacramento). Beatriz procurará o profissional para discutir a possibilidade de processar a especialista em reprodução assistida e conseguir a guarda da filha de Esther (Julia Lemmertz). 

"Depois do que a Beatriz nos contou, qual é o primeiro passo a ser dado para acabar com a doutora de araque?", perguntará a personagem de Ana Rosa, curiosa. "Denunciá-la ao Conselho Regional de Medicina é o caminho a se seguir inicialmente", dirá Gouveia (Dudu Sandroni). 

"Mas esse conselho pode fazer o quê?", questionará a ex-namorada de Guilherme (Isio Ghelman). O advogado explicará que a instituição poderá um abrir um processo ético para julgar o comportamento de Danielle no exercício da profissão.

Apesar da seriedade da denúncia, Celina irá querer ver a médica no fundo do poço rapidamente. "Não vejo porque tanta burocracia. Ela errou, tem que pagar!", disparará, aflita. "Não vai demorar tanto asssim", ponderará o defensor. 

"Depois que esse escândalo tomar conta dos veículos de comunicação e das redes sociais, o conselho vai se pronunciar!", assegurará o repórter do Diário de Notícias. 

A possibilidade alegrará a avó de Pedro Jorge: "Isso mesmo. Eu não entendo nada dessa coisa moderna de computador, mas adoro a rapidez que elas destroem a reputação de uma pessoa", dirá, animada. 

Apesar de participar da reunião para processar Danielle, Beatriz vai querer saber sobre o destino de Vitória. "Mas quanto a minha filha, doutor? Esse Conselho pode fazer o quê?", perguntará, com medo. "Para isso nós teremos que entrar com um processo civil e outro criminal", responderá o advogado.  

Beatriz não saberá se vai conseguir a tutela da criança. "A Bia doou, assinou e a Lei reconhece a maternidade através da reprodução assistida. Por isso, legalmente a menina é filha da Esther", responderá o jornalista.

Gouveia tentará animar a arquiteta com a possibilidade de encontrar brechas na legislação para ajudá-la. "Existem resoluções do Congresso Nacional, mas que ainda não foram totalmente resolvidas pelo Código Civil. Ainda mais no caso da Beatriz, que a médica não foi só antiética, foi criminosa", justificará ele.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI