Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Big Brother Brasil

Interfau confirma que Felipe Prior foi banido de atividades após acusações de estupro e assédio

Em nota oficial, a comissão organizadora dos jogos universitários afirmou o afastamento após as acusações de estupro contra o ex-BBB

Máxima Digital Publicado em 03/04/2020, às 18h01

Interfau confirmou que Felipe Prior foi banido de atividades após acusações de estupro e assédio
Interfau confirmou que Felipe Prior foi banido de atividades após acusações de estupro e assédio - Globo

A comissão organizadora do Interfau, jogos universitários de arquitetura e urbanismo, em que o ex-brother Felipe Prior é acusado de ter cometido um estupro e uma tentativa de estupro contra duas garotas,  se pronunciou sobre as acusações contra o arquiteto nesta sexta-feira (3).

Em nota oficial, a Interfau revelou: "Felipe Antoniazzi Prior, ex-aluno da Universidade Presbiteriana Mackenzie, não poderia ingressar e tampouco participar de nenhuma de nossas atividades a partir de outubro de 2018".

"Devido ao recebimento de mais de uma denúncia acusando-o de assédio, além de uma acusação de crime sexual durante o Interfau de 2018, a Comissão Organizadora através dos deveres atribuídos à ela, visando garantir a segurança e o bem estar de todos no evento, se reuniu no dia 21 de outubro de 2018, onde foi deliberada a expulsão permamente de Felipe Prior das demais edições do Intefau", afirmou no comunicado.

Relembre o caso:

Felipe Prior, o último eliminado do Big Brother Brasil 20, foi acusado de cometer dois estupros e uma tentativa de estupro entre os anos de 2014 e 2018. De acordo com a reportagem publicada pela revista Marie Claire Brasil nesta sexta-feira, 3, o arquiteto teria cometido dois estupros e praticado uma tentativa de estupro. A reportagem apurou as denúncias contra o ex-BBB e trouxe relatos de três vítimas.

Confira a nota na íntegra: