Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Separação

Mayra Cardi nega motivo polêmico sobre divórcio com Arthur Aguiar e abre o jogo: "O amor se transforma"

Deitada no colo do ex-marido, a coach afirmou que a quarentena não foi fator determinante para a separação

Máxima Digital Publicado em 04/05/2020, às 19h47

Mayra Cardi abre o jogo sobre divórcio com Arthur Aguiar
Mayra Cardi abre o jogo sobre divórcio com Arthur Aguiar - Instagram

O anúncio da separação de Mayra Cardi e Arthur Aguiar no último domingo, 4, chocou os fãs que acompanhavam o casal. Assim como o fim do casamento de Whindersson Nunes e Luisa Sonza. Ambos os ex-casal vem sendo vítimas de piadas e ironias em publicações nas redes sociais.

Em um vídeo postado nos Stories de seu Instagram, Mayra surgiu deitada no colo de Arthur e deu alguns detalhes sobre o fim da relação. Ela, ainda,  reclamou das brincadeiras infelizes que tem recebido.

“Gente, queria agradecer um monte de mensagem que a gente está recebendo. Mensagem não só no celular, mas no Instagram. Mas também eu tô vindo para fazer uma reflexão do como eu tô chocada com o mundo de merda que a gente tá vivendo, comentou.

 “Whindersson e a Luisa se separaram recentemente e a quantidade de comentários bizarros, maldosos, que existem! Que pena, cada um dá o que tem. Que pena que essas pessoas são tão pobres de espírito e sentimentos bons”, desabafou. 

Depois de comentar da separação do humorista com a cantora, ela refletiu a própria situação:“Uma das coisas que eu tenho visto bastante é umas piadinhas: os casais não estão se suportando na quarentena. Não tem absolutamente nada a ver com a quarentena e não se suportar. Acho que meu vídeo deixa bem claro isso, que a gente se dá super bem e, como vocês podem ver, ele está exatamente aqui”, ressaltou.

A gente não tem dificuldade nenhuma, não houve briga em nenhum momento. É uma grande pena que as pessoas tenham essa mentalidade de que para separar tem que haver briga”, completou.

A coach comentou, mais uma vez, sobre o relacionamento de Luísa e Whindersson: “Eu acho que as pessoas não ouviram o que eu falei sobre o amor, sobre o respeito, querer bem, sobre continuar amando, permanecer com aquela pessoa no coração, empatia e tanta coisa muito além. É uma pena que a gente está vivendo esse mundo em que as pessoas são dignas de pena”.

“Para completar, fico muito triste quando vejo qualquer término, como fiquei muito triste com o da Luísa e do Whindersson. Acho importante também as pessoas nunca desistirem do amor. Não é algo que se pode desistir. Ele se transforma e se ressignifica. O amor que acaba, ele nunca existiu. Ele era um amor de merda. O amor quando é verdadeiro não acaba, se transforma. Tem uma coisa antes do amor que se chama respeito”, concluiu.