Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV / Sob Pressão

Sob Pressão: Racismo, família, HIV na terceira idade e mais! Saiba o que irá rolar na quarta temporada da série

A série que mexe com a emoção do Brasil trará mais temas relacionados à saúde pública

Gabriele Salyna Publicado em 05/08/2021, às 10h20

Sob Pressão: Racismo, família, HIV na terceira idade e mais! Saiba o que irá rolar na quarta temporada da atração - Divulgação
Sob Pressão: Racismo, família, HIV na terceira idade e mais! Saiba o que irá rolar na quarta temporada da atração - Divulgação

Sob Pressão estará de volta no próximo dia 12 de agosto. Para sua quarta temporada, a série que retrata a situação da saúde pública no Brasil trará um universo necessário: a questão dos casos que ficaram deixados de lado devido à covid-19. 

Desta vez, a atração que fala sobre realidade, trará casos como HIV na terceira idade, racismo, família e mais temas que merecem atenção. 

Em uma coletiva de imprensa exclusiva realizada nessa quarta-feira, 4, a equipe e o elenco da trama conversaram com os jornalistas e contaram tudo que está por vir na quarta temporada. 

Lucas Paraizo, roteirista responsável pela série, contou alguns detalhes do que está por vir e garantiu que podemos esperar histórias marcantes dos personagens.

"Essa temporada começou a ser pensada dois anos atrás. É um momento de muita emoção. Toda temporada que a gente constrói, construímos em dois pilares: a saúde e a vida dos protagonistas. Com relação à questão dos protagonistas, todos eles enfrentam dramas pessoais.", contou.

NOVO HOSPITAL

Andrucha Waddington, responsável pela direção artística, contou que para a quarta temporada, eles optaram por um hospital diferente do que já foi visto na trama.

"Essa decisão de optarmos por um hospital de referência, grande, de tradição e que não trata de Covid-19. A questão de saúde pública ficou um pouco paralisada por causa da pandemia. Foi uma forma de darmos uma visão para os estados clínicos que ficaram paralisados durante a pandemia. É dizer que a saúde pública continua.", disse o diretor. 

CAMPANHA

A série apoiará a campanha de doação de sangue no Brasil. Essa inciativa começou em 2018 e continuará nesta quarta temporada.

A iniciativa será divulgada a partir do 4º episódio em uma grande campanha nacional de doação de sangue.

RACISMO E HIV NA TERCEIRA IDADE

"'Sob Pressão' é uma série que tenta colocar temas que são relevantes em perspectivas diferentes. Infelizmente, no nosso país, precisamos voltar a esses assuntos para que eles voltem a ser discutidos.", disse Lucas. 

O roteirista continuou: "No caso do HIV, por exemplo, durante a pesquisa da temporada, vimos que aumento 600% os casos na terceira idade.".

"Permite que a gente possa falar de outras questões que foram renegadas e que não iremos renegar na série. O nosso desejo é que, essa temporada, traz esperança. A esperança com relação aos relacionamentos, à vida e a melhora da saúde no nosso país.", finalizou Lucas.

SAÚDE PÚBLICA

"A gente, de certa forma, faz uma crônica cotidiana. Isso se deve uma maneira muito forte à qualidade dos roteiros e a entrega da equipe de roteiros com a pesquisa do mundo.", disse Andrucha sobre o que é retratado na série.

Lucas completou: "Nossas reuniões de pauta são sobre noticiários.".

"A situação pandêmica está totalmente retratada. Hoje, os heróis se dedicam e abrem mão da vida particular para estarem ali na linha de frente. O que queremos mostrar é que a questão da saúde pública continua.", continuou o diretor.

O roteirista contou que essa temporada busca trazer esperança: "A quantidade de pacientes que eles salvam é cada vez maior. Então, é a temporada da esperança. Trazer os personagens transformados e transformando a esperança.".

ERROS MÉDICOS

David Junior, que interpreta Dr. Mauro na trama, comentou sobre o erro médico cometido por seu personagem.

Ele contou que Dr. Mauro aprenderá a lidar com o erro: "Erros e acertos a gente tem na vida. Temos que aprender a lidar com eles. O médico já é um ser atento o tempo inteiro. Acho que o Mauro, como neurocirurgião, uma profissão que os cuidados mínimos são muito importantes, ele redobra esses cuidados. E, a cada paciente, ele tenta redimir esse erro.".

"Ele tenta sempre criar um pouco de paz interior a cada paciente que ele consegue salvar e solucionar o caso. A gente não consegue mudar o passado, mas conseguimos dar nosso melhor daqui para frente.", disse.

SÉRIE SOBRE O DIA A DIA

Drica Moraes, que dá vida à Vera, falou sobre como é retratar o dia a dia na ficção, principalmente em um período pandêmico: "Essa sensação de tensão, que estávamos submetidos ao tempo todo, filmamos com a vacinação atrasada, os protocolos rígidos. Estávamos impregnados dessa nuvem do mistério desse vírus. Isso nos deu um peso maior nas relações com os personagens. Os casos dos pacientes era uma sociedade adoecida.".

"A gente tremia, literalmente, o tempo todo. Temos a esperança, mas tem essa dor de estar aqui falando as coisas de um país que não se modifica na sua base. Vai ser muito bonito voltar a filmar com muita gente vacinada, acho que vai dar um outro gás.", disse, esperançosa.

Julio Andrade, que interpreta Evandro, disse que foi uma experiência diferente e contou que tem uma emoção diferenciada nesta temporada: "Foi diferente para a gente. Lá no início, era um universo totalmente diferente do nosso. Acho que, com o tempo, fomos ganhando conhecimento. Essas duas últimas temporadas foram diferentes. É difícil fazer uma temporada sem poder abraçar seu parceiro, sem poder voltar para casa, ter que testar todo dia. Tem uma emoção a mais nessa temporada.".

"Abrir mão da fisicalidade, que é tão importante para estabelecer uma relação, foi difícil para suprir a falta. Não só isso, o 'Sob Pressão', de uma maneira geral, fica o tempo inteiro lembrando a gente do que é essencial, qual sua base de valores, a questão de vida e morte. Entrar em contato com essa realidade que é a da maioria do Brasil é fazer um exercício de colocar o pé no chão e ver qual é sua base.", disse Marjorie Estiano, que dá vida à Carolina.

Bruno Garcia, responsável por representar Décio, contou que essa temporada se passa em um mundo após a pandemia: "A vida real dessa temporada é um pouco adiante. Esse é o barato da ficção: a gente pode criar situações que são desejáveis ao que a gente quer.".

"Para mim, foi um momento de tensão diário. Ao mesmo tempo, eu estou de frente com uma realidade que é muito próxima à minha. Ver como tudo funciona, como médico, e não como paciente. Me deixa muito à flor da pele ver o quanto a população de baixa renda é vulnerável e dependente.", disse David. 

ESPERANÇA E REAÇÃO DO PÚBLICO

Andrucha disse que o retorno do público é bem positivo: "A gente está lançando uma quarta temporada e o retorno é muito gratificante. O retorno que vem das discussões sociais, é quase que um entretenimento com dever social necessário.".

"Quando a gente sente, a gente entende a potência disso, você entende o valor de uma maneira muito concreta.", falou Lucas.

Marjorie revelou que sentiu que Sob Pressão era especial desde quando leu o primeiro episódio da primeira temporada.

"Quando eu li a primeira temporada e o primeiro episódio, eu já sentia que tinha algo de muito especial, pelo conteúdo, discussão, o que e como era falado, mas até a estreia, a gente fala: 'Vamos ver como isso acontece no espectador'. Esse retorno foi imediato! Nos primeiro episódios, já sentimos o retorno afetivo, de pessoas assistindo e se sentindo representadas. O que o 'Sob Pressão' mostra é que, no Brasil, os problemas de saúde estão atravessados pelos problemas sociais e políticos.", contou. 

"Uma novidade que o 'Sob Pressão' traz que é interessante que é o realismo. São retratações diferentes da sociedade. Até então, esse universo sempre foi retratado de maneira fantasiosa e quando você vê esse universo de saúde pública sendo retratada de maneira fidedigna, você tem a identificação.", disse Bruno.

Josie Antello, que interpreta a médica Rosa, confessou que, no início, ficou um pouco na dúvida de como a série seria recebida pelo público.

"Existia, no início, uma dúvida também. Trazer uma realidade tão crua em uma sociedade como a nossa, eu tinha dúvida. Essa função social já era clara desde sempre. Nós, atores, sempre víamos desde a leitura que as histórias eram muito fortes. Para a gente, era muito chocante lidar com essa realidade que não era a nossa e existia essa dúvida de como as pessoas receberiam. Para mim, foi muito surpreendente de como as pessoas queriam saber sobre isso, pensar sobre isso e ver como isso é transformador.
É muito legal porque os médicos, enfermeiros e pessoas que vivem nesse mundo se sentiam retratados e sentiam a necessidade de mostrar para o mundo essa realidade.", contou.

MUDANÇA DO PERSONAGEM

O tempo passou desde a primeira temporada de Sob Pressão. Atores e personagens foram amadurecendo com o tempo e, juntos, o público pôde conferir essas mudanças.

Bruno contou que é uma grande oportunidade poder viver um personagem que passa suas fases com o público. 

O ator disse que tem mais tempo para desenvolver os sentimentos e conflitos dele: "É uma oportunidade rara para o intérprete. Hoje em dia, estão ficando mais possíveis pelo avanço das séries. É muito interessante. É uma situação magnífica para o intérprete, porque você tem a possibilidade de fazer essa trajetória de maneira mais longa. É muito gratificante e uma oportunidade de ouro ter em mãos um personagem que vai se transformando com o passar do tempo.".

EVANDRO QUASE FALECEU DE COVID-19

No Especial Covid-19, Evandro, personagem de Julio, quase faleceu vítima da doença. Oa ator contou que, para essa temporada, eles vêm com um "gás" especial.

"Essa temporada é muito especial para mim, porque ela toca em um assunto que eu tenho muita proximidade, que é a questão da familia. Foi uma temporada muito importante nesse sentido. Depois de passar pela quase morte, acho que o Evandro deu uma acalmada, deu mais valor à vida pessoal. A gente nunca sabe o que vai acontecer e é uma surpresa muito boa. Poder viver tanto tempo um personagem é um privilégio.", contou.

5ª TEMPORADA

E teremos uma 5ª temporada? Podemos esperar mais? O roteirista não fez mistério e garantiu um spoiler positivo.

"Teremos, sim, a quinta temporada! Ainda não temos muitas informações, mas teremos sim!", garantiu Lucas.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI