Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Totalmente Demais

Totalmente Demais: Por inveja de Fabinho, Jonatas é preso e cai no choro

O filho do dono da Bastille vai armar para que o mocinho seja culpado de um crime

Máxima Digital Publicado em 15/05/2020, às 10h18

Jonatas chora ao ser algemado e preso por birra de Fabinho
Jonatas chora ao ser algemado e preso por birra de Fabinho - TV Globo

Em Totalmente Demais, Fabinho (Daniel Blanco) não vai descansar enquanto não conseguir se livrar de Jonatas (Felipe Simas).

Segundo o portal Notícias da TV, o riquinho armará um plano para que o rival seja incriminado por roubar dinheiro da Bastille. O mocinho vai chorar ao ser algemado e levado pela polícia. Germano (Humberto Martins) ficará decepcionado com o funcionário.

Com ciúme de Jonatas pelas relações que ele estabeleceu com sua namorada e também com seu pai, Fabinho vai agir mais uma vez para prejudicá-lo. O jovem já terá tentado fazer com que o ex-ambulante fosse acusado de roubar um relógio de Lili (Vivianne Pasmanter), mas falhará.

Dessa vez, o rapaz verá o momento em que Zé Pedro (Helio de la Peña) entregar o pagamento dos trabalhadores da despoluição do Rio Tamanduá ao mensageiro. Antes de realizar o serviço, o filho de Rosângela (Malu Galli) trocará de roupa e deixará a quantia no armário.

Enquanto isso, o personagem de Daniel Blanco trocará o envelope com o dinheiro por outro idêntico. Sem perceber a sabotagem, o namorado de Eliza (Marina Ruy Barbosa) irá à comunidade e deixará o pagamento. Ao abrirem o pacote, os funcionários encontrarão apenas papel picado.

"Eu não sei o que aconteceu direito até agora. O Jonatas foi lá, deixou o pacote e foi embora. Quando foram distribuir o dinheiro, só tinha jornal picado", explicará o advogado ao patrão.

Germano mandará chamar o office boy, mas Mirtes (Ana Paula Botelho) avisará que ele ainda não chegou da rua. "Tomara que você não tenha feito nenhuma besteira", dirá o presidente da empresa.

"Eu coloco a mão no fogo pelo Jonatas. Tenho certeza que deve ter alguma explicação lógica para o que aconteceu. É horrível falar isso, mas será que não foi a galera da comunidade que pegou?", mentirá Fabinho.

"Eles fizeram questão de mandar uma foto com o pacote onde estaria o dinheiro, só que cheio de papel picado. Fora isso, tem uma série de testemunhas que viram o Jonatas chegando, entregando o pacote fechado e saindo", rebaterá Zé Pedro.

Em seguida, o mocinho chegará à Bastille e perguntará se está liberado. "Jonatas, é o seguinte. Antes de você ir a qualquer lugar nós precisamos entender uma coisa", começará o marido de Lili. "O pagamento dos trabalhadores do Tamanduá sumiu", completará o advogado.

"Sumiu? Como assim? Que doideira é essa, pelo amor de Deus? Eu fui lá pessoalmente entregar o dinheiro pra eles. Eu não tô entendendo", falará o jovem. Ele imaginará que pode ter sido roubado no ônibus.

"Iam colocar em envelopes idênticos? Isso não faz sentido nenhum. Como o ladrão ia saber?", perguntará o personagem de Humberto Martins. O empresário dirá que precisa chamar a polícia, já que só pode ter sido alguém da Bastille.

"Peraí, pai. Você vai envolver a polícia? Eu acho um exagero. Chama só os seguranças", sugerirá o namorado de Leila (Carla Salle).

"É muito dinheiro, Fabinho. É coisa séria, foi crime premeditado. É caso para a polícia, sim", rebaterá o ricaço.

Jonatas dirá ao chefe que está com a consciência tranquila.

"Continuo achando que isso tudo é desnecessário, sério. Para que chamar a polícia?", insistirá o mimado.

"Fica tranquilo, Fabinho. Não fiz nada de errado", assegurará o office boy.

"Não era pra ter chegado nesse ponto", sussurrará o ciumento assim que a polícia aparecer.

O personagem de Felipe Simas será interrogado e explicará tudo o que aconteceu aos agentes da lei. Os policiais pedirão para revistar o armário do suspeito e encontrarão a quantia roubada lá.

"Eu não faço ideia. Esse dinheiro não tava aí, eu tenho certeza", se defenderá o funcionário. Um policial dará voz de prisão ao mocinho, que chorará ao ser algemado.

"Eu não roubei nada. Eu juro que eu não roubei", afirmará o rapaz.

"O dinheiro tava no seu armário? Jonatas, o que você fez?", questionará Germano, visivelmente decepcionado.

"Eu não fiz nada. Eu não sei como o dinheiro foi parar lá. Eu não sou ladrão", falará o filho de Rosângela. 

"Não precisa prender o cara também, né? Meu pai demite ele e pronto", interromperá Fabinho.

Zé Pedro, porém, afirmará que é preciso seguir os trâmites da lei. O presidente da empresa pedirá ao advogado que vá à delegacia, pois não quer ver Jonatas na cadeia. As cenas estão previstas para irem ao ar no próximo dia 26.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI