Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

8 dicas para usar salto sem sofrer as consequências

Conversamos com o Dr. Paulo Porto para descobrir o segredo de manter a saúde sem descer do salto

Máxima Digital Publicado em 20/03/2015, às 15h10 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

salto algo
salto algo - shutterstock
Nós amamos salto e o efeito cheio de elegância que ele dá ao look. Mas quem já usou, sabe: dói. E além de doer, pode causar problemas posteriores, mesmo depois de já ter deixado as sandálias de lado. E não pense que é apenas o tamanho do salto que influência nisso! "Não é só o tamanho do salto, mas a configuração do sapato que influi. De maneira geral, saltos muito finos e sem um apoio anterior devem ser evitados. O ideal é utilizar saltos mais grossos e/ou com uma plataforma na região da frente do calçado, que acaba reduzindo a inclinação do pé em relação ao solo e, consequentemente, a sobrecarga na coluna", conta o neurocirurgião Paulo Porto.
Entre os danos mais comuns está a dor na região lombar e o encurtamento do músculo da coxa e para-vertebral. Tudo isso, aparece conforme o tempo de uso e permanência em cima do salto. Por isso, todo cuidado é pouco. Anote aí as 8 dicas do Dr. Paulo para fazer bonito sem prejudicar a saúde:

1- Procure utilizar saltos mais grossos
2- Calçados com uma plataforma na região anterior são melhores e menos nocivos, pois diminuem a inclinação do pé em relação ao solo
3- Busque apoiar-se sempre que possível para evitar uma sobrecarga contínua e longa sobre a coluna quando for inevitável usar saltos altos e finos
4- Fortaleça e alongue a musculatura paravertebral e posterior de coxa, que aliviam a sobrecarga da coluna e podem prevenir dores
5- Se a permanência com salto alto for fundamental e constante, procure sentar-se a cada hora para aliviar um pouco a sobrecarga na coluna
6- Incorpore atividades de alongamento da musculatura paravertebral e posterior de coxa no seu dia a dia. Cinco minutos no ambiente de trabalho são suficientes.
7- Após longa permanência com salto, procure massagear a planta do pé (conhecida como "sola") com objetos esféricos como bolinhas de madeira ou até mesmo uma bola de tênis
8- Lembre-se que o salto alto promove uma alteração no ângulo da bacia enquanto estiver sendo usado. O seu centro de gravidade muda, e com isso surge a sobrecarga na coluna. Manter uma postura corporal consciente é fundamental para não piorar ainda mais esta situação.


ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI