Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Aprenda a fazer a limpeza íntima perfeita

Quando está bem higienizada e com o PH equilibrado, a vagina fica livre de corrimentos, sulcos e odores. Saiba mais

Carmen Cagnoni Publicado em 19/01/2016, às 09h41 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Higiene íntima
Higiene íntima - Foto: Shutterstock

A recomendação é que a higiene seja feita de uma a três vezes ao dia; superior a três vezes no período menstrual; sempre após a relação sexual e a atividade física, de preferência com água e sabonete especial e usando só os dedos. Esponja, cotonete ou qualquer outro apetrecho deve ser descartado, pois pode provocar ferimentos. Os dedos oferecem maior mobilidade na hora da limpeza, o que é importante para lavar o clitóris e retirar o esmegma,  resíduo branco formado por células epiteliais, óleo e gordura genital. Siga o passo a passo:

 

Usando água corrente morna, sabonete líquido específico e os dedos, lave a vulva (parte exterior do aparelho genital feminino) e a região pubiana (dos pelos) com movimentos delicados e circulares. Limpe também os sulcos interlabiais (entre os pequenos e os grandes lábios) e o clitóris. Depois, com os dedos na horizontal, a higiene deve ser feita da vagina para o ânus, para que não haja contato do material retal com o genital. Faça a higienização por, no máximo, três minutos em cada área, evitando, assim, que a região fique ressecada. Enxágue as áreas higienizadas com água. Seque a região com toalha macia para evitar a proliferação bacteriana, fúngica ou viral.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI