Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Saúde e Bem Estar » RINOMODELAÇÃO

Conhece a rinomodelação? Procedimento que modifica o formato do nariz sem cirurgia plástica

A Dra. Isrraela Massena contou detalhes do tratamento estético que utiliza ácido hialurônico

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 04/09/2020, às 13h34

Rinomodelação sem cirurgia plástica
Rinomodelação sem cirurgia plástica - Reprodução

O nariz tem sido uma das partes do corpo de grandes queixas nos consultórios. Seja por seu tamanho, formato ou possíveis assimetrias. Inclusive, é comum os pacientes aproveitarem o motivo de saúde para também alterar o tamanho, formato e harmonia do nariz.

Diante disso, surgiu a opção da rinomodelação, uma técnica menos invasiva para modificar o nariz sem a necessidade de bisturi. 

Segundo Dra. Isrraela Massena, "É importante entender que cada caso é individual e exige um planejamento exclusivo. Eu gosto de dizer que a rinomodelação vai muito além da habilidade técnica, e que para chegarmos ao bom resultado, é necessário que o tratamento seja construtivo. Estamos falando de uma área muito delicada que exige muita responsabilidade".

Após uma análise da face, o especialista identifica os locais que podem ser melhorados e como essas alterações afetarão o aspecto geral. Em seguida, é aplicado um anestésico tópico para minimizar.

"Nesse procedimento, eu utilizo o ácido hialurônico que é biocompatível e entrega mais segurança ao paciente", explicou a doutora.

O procedimento que dura em média uma hora, não se trata de uma cirurgia plástica. É pouco invasivo, sem cortes ou fraturas e não há a necessidade de internação hospitalar. Após vinte dias é necessário voltar ao consultório para avaliar se há necessidade de ajuste na aplicação.

INDICAÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES

O preenchimento é indicado para quaisquer pacientes que apresentem algum tipo de insatisfação e não se sentem preparados para intervenção cirúrgica. É uma alternativa rápida, segura e pouco dolorida, perfeita para pequenas correções.

É contraindicado para pessoas alérgicas ao ácido hialurônico e também para pacientes com doenças crônicas autoimunes, como diabéticos, por exemplo.

A rinomodelação pode contribuir bastante para a melhora da anatomia do nariz e consequente harmonização facial.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI