Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Dermatologista explica sobre os cuidados com as rugas

A Dra. Priscila Camargo falou sobre os cuidados com as rugas

Máxima Digital Publicado em 01/04/2022, às 16h00

Dermatologista explica sobre os cuidados com as rugas - Freepik
Dermatologista explica sobre os cuidados com as rugas - Freepik

Você sabia que as rugas demandam cuidados especiais? Muitas vezes, esquecemos de dar uma atenção para essas linhas de expressão.  

A Dra. Priscila Camargo, médica dermatologista, falou um pouco sobre o assunto e o quanto devemos nos atentar quanto a isso. 

Logo de início, a especialista explicou o motivo das rugas aparecerem: "As rugas são um sinal de envelhecimento que surgem na pele. Podem ser classificadas em dois tipos: dinâmicas, aquelas que são visíveis quando fazemos algum movimento muscular e que podem ser linhas de expressão na testa, ao redor dos olhos ou entre as sobrancelhas; e rugas estáticas, que aparecem mesmo com o rosto em repouso, pois já são mais profundas. Vários fatores estão envolvidos no processo de envelhecimento da pele, podendo ser genéticos, hormonais, ambientais e, muitas vezes, causados pela exposição solar em excesso. As rugas são resultado da diminuição do colágeno na pele e também pela ação muscular repetitiva ao longo dos anos.".

A Dra. Priscila comentou sobre os cuidados que devemos tomar com essas linhas de expressão.

"O primeiro passo é minimizar os vilões que causam seu aparecimento, como por exemplo os raios solares. Usar diariamente o protetor solar, acima de 30FPS, é fundamental para a prevenção. Já para tratá-las, procedimentos como laser, botox, aplicação de ácido hialurônico e preenchimento são ótimas opções. Além disso, ainda existem os bioestimuladores de colágeno, como o skinboster.", orientou.

O que pode ou não pode usar? A especialista listou uma série de dicas de como cuidar das rugas.

"Usar o filtro solar é fundamental para retardar o aparecimento das rugas, já que elas não aparecem apenas quando se tem mais idade. Tudo isso pode variar muito, pois fatores como tabagismo, grau de exposição solar e genética influenciam diretamente no surgimento das rugas. Os primeiros sinais aparecem a partir dos 25 anos e começam a se acentuar dos 30 em diante. Usar antioxidantes, como as vitaminas A, C e E, que são responsáveis por neutralizar os radicais livres que podem lesar as células, são grandes aliados no retardo do aparecimento das rugas. Cremes ou séruns com esses ativos oferecem proteção duradoura da pele, sendo também uma maneira de prevenir as rugas.", falou.

A médica acrescentou: "Evitar fazer caretas e franzir a testa, pois pode gerar linhas de expressão. Tirar o travesseiro do rosto para evitar as rugas do sono, que são aquelas causadas pela compressão do rosto no travesseiro, durante toda a noite. Fazer uma dieta equilibrada e praticar exercícios. Não fumar, não beber excessivamente e não se expor demasiadamente ao sol.".

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI