Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Doenças de outono podem ser amenizadas com alimentação correta

Nutricionista ensina o que fazer para escapar das enfermidades da estação

Gabriella Gouveia Publicado em 29/03/2017, às 18h22 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

.
. - Shutterstock

As temperaturas amenas do outono e o clima mais seco podem aumentar o surgimento de doenças características dessa época, dentre elas a rinite, asma, bronquite e outros problemas respiratórios. “Com essa mudança de tempo, as pessoas começam a ficar mais em ambientes fechados e a beber menos água”, explica a nutricionista Alessandra Coelho. Mas segundo ela, a hidratação do nosso corpo é fundamental para ajudar a combater esses problemas que surgem.

Outra medida eficaz para fortalecer a imunidade diante das doenças do outono é o aumentar do consumo de frutas ricas em vitamina C. “Temos a laranja, acerola, limão, morangos, manga, melão, além de outros alimentos que podem ajudar a combater essas doenças típicas do outono”, alerta Alessandra. Outra dica é reforçar o consumo de gorduras boas, que atuam em nosso sistema de defesa do organismo. Aí, diz a nutricionista, podem entrar nozes e castanhas-do-Pará, por exemplo.

 

E com a temperatura mais baixa, costumamos comer mais porque nosso organismo usa mais energia para se aquecer. Então, a dica da nutricionista é adotar em nosso cardápio mais sopas de vegetais e caldos quentes – refeições mais saudáveis e que podem ajudar a manter o peso nessa época em que a tendência é comer mais.

 

“Também é importante manter uma rotina de exercícios, que ajudam a reforçar nossas defesas, além de manter nosso peso em equilíbrio”, adverte a nutricionista. Os chás, segundo Alessandra, são outra alternativa para esquentar o corpo, além de trazerem benefícios para a saúde. A dica é usar para fazer a bebida alimentos como maçã, canela, gengibre, cravo, ervas ou mate.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI