Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram Máxima
Saúde e Bem Estar » Cuidados

Frio e pele seca? Não mais! Confira 8 dicas preciosas para cuidar do corpo no inverno

O dermatologista Cristiano Kakihara explicou como tratar a pele nos dias mais frios do ano

Marina Pastorelli Publicado em 04/07/2019, às 13h53 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Como cuidar da pele no inverno?
Como cuidar da pele no inverno? - Shutterstock

No inverno é sempre mais difícil cuidar da pele! A maquiagem fica craquelada por conta das baixas temperaturas, o rosto fica com aspecto seco, os braços e pernas quase "gritam" por um hidratante e os lábios até doem de ressecados, não é mesmo?

Se você também sente isso, fique tranquilo! Viemos aqui para te ajudar. Tudo isso acontece porque nesta estação do ano a menor produção de sebo (gordura) e suor diminue o teor lipídico e hídrico da epiderme (que é o que deixa tudo hidratadíssimo).

Especialista no assunto, o dermatologista Cristiano Kakihara deu dicas preciosas e nos ensinou a como tratar da pele nos dias mais frios do ano para que ela continue perfeita!

Confira:

1- Fazer uso de menos produtos que removem a gordura da pele, a fim de evitar a piora do ressecamento. Assim, devemos usar menos substâncias adstringentes e menos produtos tópticos alcoólicos.  

2- Reforçar a utilização de hidratantes (Não há milagres. Os cremes precisam estar presentes nesse processo).  

3- As áreas que ficam expostas ao ambiente, como rosto, pescoço e mãos, sofrem mais com as agressões da baixa temperatura, por isso merecem um cuidado especial.  

4- Deve-se tomar cuidado com a temperatura da água do banho em dias muito frios. A água em altas temperaturas remove a gordura, que deveria estar protegendo a pele no inverno. Portanto, vamos apostar no banho morno! (Só para reforçar: imediatamente depois de ficar cheirosa, claro, abuse do hidratante corporal).

 5- Usar sabonete líquido, suave, hipo-alergênico, não-comedogênico com pH fisiológico (compatível com a pele, isto é, em torno de 5,5).

6- Usar produtos que contenham substâncias que sejam de fato hidratantes, como lactato de amônio, lactato de sódio, ureia, alantoína, e ácido hialurônico, associadas a substâncias oclusivas, como silicone e óleos. Esta combinação é poderosa.  

7- Pode-se usar hidratante sempre que necessário, mas geralmente orienta-se o uso de duas a três vezes por dia, em média. 

8- Os lábios pedem o uso de hidratantes no inverno, que podem já estar nos batons, em hidratantes labiais ou em protetores labiais com filtros solares. Mesmo em dias frios, o uso de protetor solar é imprescindível e deve ter a mesma frequência das outras estações. "O fato das baixas temperaturas dominarem no inverno não significa que a incidência solar diminue. Esta confusão é comum e perigosa", concluiu o dermatologista.  

Cristiano Kakihara é médico dermatologista da Clínica Kakihara e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia.