Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Saúde e Bem Estar / Hidrofobia capilar

Hidrofobia capilar: saiba o que é e como tratar

A tricologista Viviane Coutinho explicou as causas e soluções para alterações na estrutura dos cabelos

Máxima Digital Publicado em 08/04/2022, às 16h00

Hidrofobia capilar: saiba o que é e como tratar - Freepik
Hidrofobia capilar: saiba o que é e como tratar - Freepik

O cuidado com os cabelos é fundamental, desde o processo de lavagem à manutenção dos fios, seja protegendo da exposição ao calor ou evitando a tração a partir do ato de prendê-lo com elásticos ou presilhas.

Dentre os mais variados tipos de problemas relacionados aos cabelos está a hidrofobia capilar. A tricologista e membro-docente da Academia Brasileira de Tricologia, Viviane Coutinho, explicou como funciona o processo: 

“Trata-se de uma alteração que pode atingir todos os tipos de cabelos e texturas. Quando ocorre, o fio não consegue absorver água, devido ao excesso de produtos usados na finalização ou na revitalização do fio, feita no ‘day after’”, disse. 

Ela contou que o uso de produtos derivados de petróleo, silicone e outros que são insolúveis em água ocasionam esse problema, que é notado quando o cabelo fica com o aspecto encharcado, sem a possibilidade de absorção dos cremes.  

"Para evitar a hidrofobia capilar, é extremamente importante a higienização dos fios com frequência e buscar a ajuda imediata de um especialista para realizar de forma efetiva uma limpeza profissional do couro cabeludo. A terapia capilar é a mais indicada para esse tratamento”, afirmou.  

Uma outra sugestão, segundo a especialista em fios, é optar por produtos naturais. 

"Cremes com ativos indicados para a necessidade do fio, são ótimos, assim como a limpeza com argila ou shampoos detox, que realizam uma higienização profunda. A esfoliação também elimina todas as impurezas acumuladas, que impedem o cabelo de absorver os nutrientes necessários para se manter saudável. Porém, caso haja algum outro problema, como a alta porosidade dos fios, a terapia capilar deve ser estendida por mais alguns meses”, finalizou.  

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI