Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Melasma: dermatologista dá dicas de prevenção e como tratar as manchas na pele

Melasma é uma das principais queixas dos pacientes quando vão a um consultório dermatológico.

Máxima Digital Publicado em 21/12/2020, às 18h00

Dermatologista fala sobre melasma
Dermatologista fala sobre melasma - Divulgação

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, essa condição na pele é caracterizada pelo surgimento de manchas escuras, principalmente no rosto.

Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unifesp) aponta que entre 15% e 35% das mulheres brasileiras desenvolvem melasma, principalmente por volta dos 30 anos.

A dermatologista especialista em cosmiatria Luciana Garbelini deu algumas dicas de como prevenir o melasma e indicou alguns tratamentos para tratar essas manchas na pele.

Prevenção

“Evitar exposição solar e sempre usar protetor no rosto com reaplicação a cada 2 horas, mesmo em dias nublados ou no inverno”, afirmou a médica.

Tratamentos

“Apenas dermatologistas podem identificar e orientar sobre o melhor tratamento para as manchas, mas o mercado possui alguns métodos, como laser, peelings e fotoproteção. No entanto, alguns cremes podem ser ótimos aliados nesses casos, principalmente os que possuem ingredientes naturais que atuam como clareadores de manchas. A Rosa Mosqueta, por exemplo, é muito boa para esse tipo de caso porque possui tretinoína natural, que atenua as manchas escuras”, disse a doutora.

A dermatologista falou sobre outro produto que pode ser usado nesses casos, que são cremes à base da Erva-Tostão.

“Ela é outro ingrediente natural interessante para o tratamento do melasma porque ele promove a uniformização do tom da pele e possui eficácia comprovada como um clareador da pele e na redução da quantidade de melanina”, orientou. 

Soluções orgânicas

A dermatologista pontuou que tratamentos feitos com produtos com base de ingredientes naturais e cosméticos orgânicos podem ser alternativas ideais para quem sofre com as manchas na pele.

“Isso acontece porque esses produtos contribuem para a produção de agentes naturais da pele, que diminuem as chances do aparecimento de novas manchas”, disse a dermatologista.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI