Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Saúde e Bem Estar / Queda de cabelo

Queda de cabelo no inverno: saiba os motivos e como evitar

O médico tricologista João Gabriel Nunes deu dicas de cuidados para manter os fios saudáveis no frio

Máxima Digital Publicado em 06/07/2022, às 14h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Queda de cabelo no inverno: saiba os motivos e como evitar - Freepik
Queda de cabelo no inverno: saiba os motivos e como evitar - Freepik

O inverno chegou e as baixas temperaturas podem acentuar a queda de cabelo, um problema que já incomoda muita gente. É normal uma pessoa saudável perder cerca de 70 a 100 fios de cabelo ao dia, mas isso tende a aumentar durante a estação mais fria do ano por causa da mudança na rotina de cuidados e também pelo próprio ciclo dos fios.

"Hábitos como a diminuição do número de lavagens, banhos mais quentes e longos, e a maior frequência no uso de ferramentas de calor, como o secador, podem causar caspa, irritação e ressecamento do couro cabeludo, o que contribui para a queda dos fios", afirmou o médico tricologista João Gabriel Nunes, membro da Sociedade Brasileira do Cabelo (SBC) e fundador do Centro Médico Capilar.

Nunes também explicou que a perda capilar nesta época está relacionada a fatores naturais.

"No inverno, os dias são mais curtos, o que provoca uma menor exposição solar. Essa falta diminui a vitamina D, importante para a fotobioestimulação dos folículos capilares", disse o especialista.

O tricologista deu 5 dicas de cuidados que vão te ajudar a evitar esse problema e manter o couro cabeludo e os fios saudáveis durante a estação.

1. Lave os fios com frequência

"O cabelo deve ser lavado com frequência mesmo no frio para manter a região higienizada, evitando o excesso de oleosidade no couro cabeludo, que pode agravar a queda dos fios", apontou Nunes.

2. Diminua o uso de ferramentas de calor

O tricologista alerta que a utilização de secador e chapinha, por exemplo, pode deixar os fios mais frágeis e quebradiços, sendo mais suscetíveis à queda.

"É importante diminuir e moderar este uso, procure secar ao natural ou aplicar protetor térmico nos fios antes das ferramentas de calor, mas nunca durma com o cabelo úmido", orientou.

3. Cuidados com o uso de acessórios

"Ficar com toucas, chapéus ou boinas por muito pode tempo abafa o couro cabeludo estimulando ainda mais as glândulas sebáceas, responsáveis por produzir sebo na região", explicou o tricologista.

4. Mais vitaminas

Para Nunes, o uso de complexo vitamínico capilar pode ajudar a manter o nível de vitaminas e nutrientes, que acabam diminuindo no inverno, como no caso da vitamina D.

5. Beba bastante água (sempre)!

"A ingestão de água é recomendada em qualquer estação para preservar os fios, porém  
ainda mais importante no inverno para combater a queda", disse o médico.

João Gabriel ainda destacou a necessidade de procurar um especialista quando notar a
perda diária acima dos 100 fios por um período longo.

"A queda pode estar sendo ocasionada por outros fatores que precisam ser investigados e tratados corretamente", disse.


Sobre o Dr. João Gabriel Nunes

Médico formado pela Universidad Del Valle, em Cochabamba (2010), pós-graduado em dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, com extensão acadêmica na University of Michigan (EUA), e em tricologia e transplante capilar no Instituto e Hospital da Pele em São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira do Cabelo e da Sociedade World F.U.E Institute. É fundador do Centro Médico Capilar, clínica que mais realiza transplante capilar no Brasil, localizada em Mogi Guaçu (SP).

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!