Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Saúde e Bem Estar » SAÚDE ÍNTIMA

Sexo durante a menstruação: tire suas dúvidas sobre transar menstruada

A obstetriz Mariana Betioli respondeu as principais dúvidas sobre o tema.

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 27/02/2021, às 15h00

Dicas para fazer sexo durante período menstrual
Dicas para fazer sexo durante período menstrual - Reprodução/Assessoria

Transar menstruada é um daqueles assuntos que, apesar de serem polêmicos, no fundo, todo mundo quer saber sobre. 

Por isso, conversamos com a obstetriz Mariana Betioli para esclarecer os principais questionamentos sobre o tema. Afinal, é possível fazer sexo durante o período menstrual?

A vontade de fazer ou não fazer sexo durante a menstruação varia de pessoa para pessoa. Muitas mulheres acabam se privando de ter relações sexuais ou se masturbarem nessa fase por falta de conhecimento. 

Uma pesquisa realizada por uma marca de coletores e discos menstruais com 16 mil mulheres apontou que mais de 85% delas relataram aumento da libido durante a menstruação, mas somente 49% se permite ter experiências sexuais durante essa fase do ciclo. 

Nessa fase, o clitóris fica mais sensível, há mais lubrificação e os hormônios sexuais estão nas alturas, o que também facilita o orgasmo. O orgasmo, inclusive, oferece vantagens durante o período menstrual, sendo capaz de aliviar até as cólicas menstruais, segundo a especialista.

“A cólica acontece quando o útero se contrai para expelir o sangue menstrual e, curiosamente, durante o orgasmo o útero também se contrai, mas depois relaxa totalmente. O que faz melhorar a cólica é esse efeito relaxante do orgasmo somado ao aumento de fluxo sanguíneo na região pélvica e a liberação de hormônios de prazer”, esclarece Mariana. 

A obstetriz responde outros dúvidas super comuns sobre o tema:

O sexo pode influenciar na duração do período menstrual?

“Sim, pode influenciar, fazendo com que o período menstrual dure menos tempo. Durante o orgasmo, as contrações musculares liberam o conteúdo uterino mais rapidamente e isso pode resultar em períodos mais curtos”, afirma Mariana.

A libido realmente aumenta durante a menstruação?

Esse fenômeno é comum. Muitas pessoas sentem que o desejo sexual aumenta alguns dias antes da ovulação, que acontece cerca de duas semanas antes da menstruação; outras também sentem aumento de libido durante a menstruação também. 

Os hormônios estrogênio e testosterona estão baixos no dia em que a menstruação começa, mas começam a aumentar por volta do terceiro dia. Por isso, a libido pode aumentar nesse período, destaca.

É possível engravidar menstruada?

As chances são menores, mas ainda assim é possível engravidar durante a menstruação. “Se você tiver um ciclo menstrual curto, o risco de engravidar aumenta. Além disso, o esperma pode permanecer vivo no corpo da mulher por até cinco dias. Portanto, se ela tem um ciclo menor e ovula poucos dias após menstruar, há uma chance de liberar um óvulo enquanto o esperma ainda estiver em seu organismo”, observa Mariana. 

Os riscos de contrair infecções durante o sexo aumentam no período menstrual?

“Como o colo do útero está mais aberto durante essa fase, há um risco um pouco maior de infecção durante relações sexuais sem proteção.”, alerta a especialista.

Assim, usar a camisinha durante a menstruação reduz o risco de infecção sexualmente transmissível (IST). Para além de evitar uma gravidez indesejada, será possível aproveitar o momento com mais segurança,  tranquilidade e leveza.

Como lidar com o sangue da menstruação durante o sexo?

As mulheres que não se animam em transar ou se masturbar durante a menstruação, por mais que por vezes sintam aumento da libido, relatam algumas preocupações. As principais costumam ser o receio de manchar o lençol, preguiça de arrumar tudo depois, nojo do sangue menstrual e ainda o fato de não se sentirem à vontade com o companheiro(a).

“Isso é um processo de desconstrução e quando entendemos que o sangue que sai do nosso útero é um sangue limpo e puro, sem cheiro, começamos a fazer as pazes com o nosso ciclo. Isso só contribui para que possamos viver a nossa sexualidade de forma plena”, reforça Mariana. 

Uma alternativa é usar o disco menstrual. Ele é reutilizável, feito de silicone hipoalergênico e fica posicionado em volta do colo do útero coletando o fluxo deixando o canal vaginal livre para a penetração. “O disco menstrual fica no fundo da vagina, não vaza durante o sexo, não interfere na lubrificação vaginal e nem a mulher e nem a pessoa com quem ela está se relacionando vão sentir que ela está usando”, acrescenta.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI