Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
LGBT / Box

Lutadores trans de box precisarão fazer cirurgia para competir

De acordo com a norma do USA Boxing, os boxeadores trans precisarão passar por uma cirurgia para competir

Máxima Digital Publicado em 09/01/2024, às 13h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Lutadores trans de box precisarão fazer cirurgia para competir - Freepik
Lutadores trans de box precisarão fazer cirurgia para competir - Freepik

Os boxeadores trans precisarão passar por uma cirurgia e apresentar quatro anos de avaliações hormonais trimestrais antes de competir.

A nova determinação do USA Boxing, órgão regulador do boxe olímpico nos Estados Unidos, apontou que os lutadores devem passar por uma cirurgia de "mudança de sexo".

A partir do dia 1º de janeiro, os atletas devem passar pelo procedimento, que não foi especificado pela organização, e apresentar os exames para competir.

O USA Boxing não especificou o que quer dizer com "cirurgia de mudança de sexo" e não deixou claro quais tipos de procedimentos seriam aceitos.

A nova determinação também impõe que os lutadores menores de 18 anos devem competir nas categorias de acordo com o gênero atribuído no nascimento, sem exceções.

Essas novas regras foram elaboradas baseadas na estrutura de 2021 do Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre Equidade, Inclusão e Não Discriminação com Base na Identidade de Gênero e Variações Sexuais.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!