Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
LGBT / Crime

Parlamentares de Minas Gerais são ameaçadas de estupro

As políticas receberam ameaças virtuais

Máxima Digital Publicado em 23/08/2023, às 15h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Parlamentares de Minas Gerais são ameaçadas de estupro - Instagram
Parlamentares de Minas Gerais são ameaçadas de estupro - Instagram

Iza Lourença, Cida Falabella e Bella Gonçalves denunciaram ameaças de morte e estupro que receberam por e-mail.

De acordo com informações do Globo, Bella Gonçalves foi a primeira a receber o conteúdo grave, no dia 8 deste mês. No conteúdo, o agressor teria mandado que ela renunciasse seu cargo. "Seremos breves: você é lésbica e por isso sua presença não será mais tolerada", dizia a mensagem.

Na ocasião, ela optou por não divulgar a ameaça, porém, em seguida, Iza Lourença e Cida Gonçalves também foram ameaçadas. No conteúdo das mensagens, o agressor dizia que elas passariam por um "estupro corretivo" como uma "terapia cognitiva para curar a lesbianidade".

"Teve um e-mail específico sobre minha filha, descrevendo crime de estupro e assassinato. É um grupo que pesquisou sobre as nossas vidas, sabe nossos dados pessoais. Essa ameaça personalizada mexe muito mais", disse Iza Lourença, citando uma outra ameaça.

Bella Gonçalves revelou enxergar essas ameaças como uma tentativa de silenciamento. "Eles questionam justamente o lugar das mulheres na política", falou.

"Fui a primeira vereadora lésbica e sou a primeira deputada lésbica. Isso tudo atrapalha o nosso trabalho, obstrui. Estava recolhendo assinaturas para uma CPI do Transporte e agora preciso repudiar a violência.", completou.

A Polícia Civil foi acionada e investiga o caso das ameaças contra as três parlamentares do PSOL, que ainda solicitaram uma escolta da Guarda Municipal e os Ministérios da Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Igualdade Racial.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!