Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Aprenda a lidar com o ciúme que sente pelo seu filho

Sentir ciúme da garota que se aproxima do seu filho é natural, mas se passar do ponto atrapalhará a sua ligação com ele. Que tal um outro final para essa história?

Texto: Carmen Cagnoni Publicado em 21/08/2015, às 17h30 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

a namorada
a namorada - Shutterstock
Numa cena da novela global I Love Paraisópolis, Soraya — personagem de Letícia Spiller — confronta Margot (Maria Casadevall), namorada do seu filho Benjamin (Maurício Destri), dizendo que ela não é importante, apenas mais uma namoradinha do rapaz. Acontece que esse fato que ocorreu na ficção é bastante comum fora da telinha. Muitas mães de meninos, principalmente, têm medo de perdê- los. “Os garotos costumam proteger mais as mães do que as meninas. Quanto mais carinhoso o filho é com a mãe, mais ele será com a namorada, e isso gera sofrimento e inconformidade maternal”, explica Maura de Albanesi, psicoterapeuta*, escritora e mestre em psicologia e religião (SP). 

Muita calma 
Como mãe, você foi aquela que ensinou a ele os primeiros passos, cuidou quando estava doente, leu histórias na hora de dormir, ficou ao lado nos momentos de medo e insegurança... Criou um elo de amor e convivência que jamais será quebrado! Sim, passe o tempo que for, venham quantas namoradas quiser, você sempre será a mãe dele! “É muito comum observarmos mães com ciúme doentio do filho, competindo com a nora. A perda para outra mulher representa algo inaceitável; afinal, para a mãe, ninguém pode assumir a sua função”, afirma Maura. Em primeiro lugar, é preciso encarar o fato de que o namoro não significa a exclusão da mãe da vida do filho. Muitas mulheres se sentem abandonadas e têm receio de serem substituídas. Por vezes fi cam divididas entre a alegria de saber que ele está sendo amado e a raiva de outra pessoa receber o carinho dele. “É difícil os pais aceitarem a libertação dos filhos do domínio e cuidado deles. Os bebês crescem e precisam tomar as rédeas de suas próprias vidas. Enquanto isso, as mães se sentem excluídas e não conseguem pensar que nunca deixaram de ser importantes e presentes”, pondera a psicóloga Márcia Fervienza (EUA). No fundo, os filhos buscam a aprovação dos pais e, para isso, geralmente ficam à espreita, observando os olhares, as expressões e os gestos deles — especialmente da mãe. “Com esses sinais damos dicas sobre o caminho que eles deveriam percorrer”, ressalta Márcia.

Não sofra tanto 
A mãe protetora, que tenta controlar a vida do filho desde sempre, é a que mais se martiriza com a situação. Para ela, aceitar o namoro dele na adolescência é mais fácil, já que a menina é inexperiente. No entanto, quando o filho se torna adulto e passa a se relacionar com uma mulher, a ameaça fica maior. “Normalmente, essa proteção exagerada esconde uma insegurança — a mãe não confia no amor do filho. Ela coloca o afeto na condição de troca de favores, ou seja, a mãe o enche de mimos e o filho a ama”, alerta Maura.

Faça o seu melhor papel 
Para conviver em paz com a namorada (ou esposa) do filho, é preciso entender que a função da mãe é bem diferente da companheira dele e que nenhuma mulher a substituirá. É claro que toda mãe quer poupar o filho de cometer erros e, nessa empreitada, acaba interferindo mais do que deveria. “Tenha em mente que os erros também ensinam e o filho vai cometê-los mesmo que você o proteja”, lembra Márcia. Isso não significa que ele não quer a aprovação dos pais, ok? “Pelo contrário, eles se sentem mais seguros e confiantes quando têm o aval deles”, entrega a expert.

Faça o seu melhor papel 
Para conviver em paz com a namorada (ou esposa) do filho, é preciso entender que a função da mãe é bem diferente da companheira dele e que nenhuma mulher a substituirá. É claro que toda mãe quer poupar o filho de cometer erros e, nessa empreitada, acaba interferindo mais do que deveria. “Tenha em mente que os erros também ensinam e o filho vai cometê-los mesmo que você o proteja”, lembra Márcia. Isso não significa que ele não quer a aprovação dos pais, ok? “Pelo contrário, eles se sentem mais seguros e confiantes quando têm o aval deles”, entrega a expert.
ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI