Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Conheça a história do Fluminense no Brasileirão

Confira a trajetória do Tricolor Carioca no Campeonato Brasileiro

Redação EdiCase Publicado em 20/04/2023, às 10h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A última taça do Fluminense no Brasileirão foi conquistada em 2012 (Imagem: Reprodução digital | @fluminense)
A última taça do Fluminense no Brasileirão foi conquistada em 2012 (Imagem: Reprodução digital | @fluminense)

Além do Fluminense, nesta edição do Brasileirão, participam os times: América-MG, Athletico-PR, Atlético-MG, Bahia, Corinthians, Coritiba, Flamengo, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos, São Paulo e Vasco.

A competição acontece entre 15 de abril e 3 de dezembro de 2023. Neste ano, pela primeira vez, o Brasileirão será paralisado durante os períodos de Data FIFA. Além disso, os times que tiverem jogadores convocados para os amistosos internacionais terão um intervalo mínimo de 48 horas entre o fim de um período e o retorno ao Campeonato Brasileiro.

Destaques para 2023

Um dos mais populares times brasileiros segue sob comando de Fernando Diniz na temporada de 2023. O técnico, que já passou pelo Fluminense em 2019, retornou ao clube em 2022 para substituir Abel Braga. Para este ano, o Tricolor Carioca também contratou o goleiro Vitor Eudes, o zagueiro Vitor Mendes, o lateral-esquerdo Jorge, o lateral-direito Guga, o atacante Keno e os meio-campistas Lima e Giovanni Manson.

Tetracampeão

O Fluminense é tetracampeão brasileiro. Conquistou os títulos em 1970, 1984, 2010 e 2012. A última taça veio de forma eletrizante, sob o comando do técnico Abel Braga e com gols do atacante Fred, após o Tricolor Carioca vencer o Palmeiras por 3 a 2, no estádio Prudentão.

História no Brasileirão

Apesar do histórico de vitórias no Campeonato Brasileiro, o Fluminense foi rebaixado para a série B em 1997 e para a série C em 1998. Foi campeão da série C ao vencer o Náutico por 2 a 1, com gols de Roger Flores. Em 2000, foi convidado a disputar a Copa João Havelange, que colocou o time de volta à elite do futebol. Em 2021, encerrou o Brasileirão em 7ª colocação, com 54 pontos. No ano seguinte, marcou 70 pontos e ficou em 3º lugar na competição.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!