Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Conheça os benefícios do orgasmo para a saúde física e mental

Sensação intensa de prazer ajuda a melhorar a qualidade de vida

Redação EdiCase Publicado em 25/04/2023, às 17h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A boa comunicação contribui para levar o casal ao orgasmo (Imagem: Prostock-studio | ShutterStock)
A boa comunicação contribui para levar o casal ao orgasmo (Imagem: Prostock-studio | ShutterStock)

O orgasmo é uma sensação intensa de prazer que pode ser alcançada por meio da estimulação sexual. Quando se fala nele, geralmente a primeira coisa em que se costuma pensar é a satisfação que ele pode proporcionar. No entanto, ele oferece muitos benefícios para a saúde física e mental.

Durante o orgasmo, o corpo libera endorfinas, que são neurotransmissores que têm propriedades analgésicas e podem reduzir o estresse. Além disso, ele aumenta a circulação sanguínea e a oxigenação, o que pode melhorar a saúde cardiovascular. Estudos também mostram que o orgasmo pode ajudar a melhorar a qualidade do sono, reduzir a ansiedade e até mesmo fortalecer o sistema imunológico.

Fatores que interferem no orgasmo

Não atingir o orgasmo pode estar relacionado a fatores físicos e emocionais. Nem sempre a culpa é do parceiro ou falta de experiência. Isso porque diversas coisas podem interferir no momento da relação. “A falta de prazer pode ser devido a dores durante as relações – aderências, irritações vaginais, cirurgias de períneo etc.”, alerta Raquel Armond, ginecologista e obstetra.

Esses fatores não devem ser ignorados, pois não dá para sentir prazer quando se está com dor. “Assim, elas [no caso das mulheres] vão ter menor desejo, não vão querer ter relações para não ter dor, e o problema vai se agravando cada vez mais, se tornando crônico e de mais difícil resolução”, completa a ginecologista.

Além disso, doenças que causam a diminuição de hormônios, doenças no fígado, hipotireoidismo e fatores físicos como a obesidade, podem interferir no apetite sexual. Por isso, ao notar qualquer sintoma, é recomendado procurar auxílio médico.

Benefícios do orgasmo

Além de melhorar o humor, a autoestima e deixar a pessoa mais relaxada, o orgasmo pode favorecer a saúde. “Segundo pesquisas, o orgasmo é capaz de diminuir o estresse e, até mesmo, a depressão, reduzir dores, o risco de câncer de mama e próstata”, conta Raquel Armond. E não para por aí, ele também pode melhorar o sono. Esses benefícios independem se o orgasmo ocorre durante uma relação a dois ou por meio da masturbação.

Mulher enrolada em lençol branco na cama sorrindo e de olhos fechados.
É válido conhecer os próprios caminhos de prazer (Imagem: MBLifestyle | ShutterStock)

Melhore o seu prazer

Apesar de ser menosprezada por muitos, a masturbação também pode melhorar a qualidade do orgasmo. “A masturbação traz benefícios para a saúde sexual, pois ajuda a conhecer o corpo e a ter maior satisfação na relação a dois”, analisa Raquel Armond. Contudo, muitas mulheres ainda sentem certo pudor de se tocar e não se permitem experimentar novas sensações.

Entretanto, de acordo com a ginecologista, essas mulheres podem passar a vida inteira sem saber o que é um orgasmo. Mas é melhor tentar, afinal, o orgasmo pode melhorar dois pontos que preocupam a maioria das mulheres: “Quando a mulher tem orgasmo, aumenta o nível de estrogênio, o que melhora a qualidade da pele e [dos] cabelos”, explica a ginecologista.

Outra forma de melhorar o desempenho sexual, segundo a ginecologista, é manter hábitos saudáveis. Isso inclui alimentação adequada e prática de atividade física.

Procure por ajuda

Não importa de que forma você vai atingir o orgasmo, pois cada um sabe a melhor maneira de chegar lá. Se você tem dificuldades para atingi-lo, deve conversar com o seu parceiro, mostrar o que te deixa mais excitada, se tocar para se conhecer melhor e mostrar o melhor caminho para ele. Se nada disso funcionar, procure por um profissional que possa ajudar, visto que pode ser algum problema psicológico ou físico.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!