Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos / Famosos

João Lucas fala sobre nova fase no pop, apoio à causa LGBTQIAPN+ e incentivo de Sasha Meneghel

O artista saiu do gospel para começar uma nova fase no pop

Redação Publicado em 01/12/2023, às 12h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
João Lucas fala sobre nova fase no pop, apoio à causa LGBTQIAPN+ e incentivo de Sasha Meneghel - Instagram
João Lucas fala sobre nova fase no pop, apoio à causa LGBTQIAPN+ e incentivo de Sasha Meneghel - Instagram

Nessa sexta-feira, 1, João Lucas, que antes era conhecido como João Figueiredo, deu início a sua nova fase na carreira musical. O artista deixou a música gospel para seguir para o mundo do pop.

O cantor irá lançar nessa sexta-feira a música Meu Bem, escrita para a esposa Sasha Meneghel.

“Toda essa mudança veio da vontade de resgatar o que me tornou apaixonado pela arte. Aos quatro anos, era o João Lucas quem fazia do quintal da avó um palco, um teatro e um circo", disse ele em conversa com à Quem.

"A essência do que eu sempre quis fazer como artista está desde a minha infância. E foi para aquele menino que eu olhei e me inspirei pra viver esse novo momento da minha carreira. Mudar de nome não representa o nascimento de um novo ‘eu’, mas, sim, o resgate de uma parte importante de mim”, falou.

A música era apenas um presente de aniversário para Sasha, mas, ao ouvir a canção, a modelo insistiu para que ele lançasse: “Foi ela quem mais me motivou a acreditar. O incentivo da Sasha e o apoio diário foram essenciais para realizar esse sonho. Então, começar com essa música é como dedicar esse novo momento da minha carreira a Sasha".

Sobre a recepção dos fãs, João disse que a resposta tem sido positiva: “O público foi assimilando aos poucos. Meus dois últimos lançamentos já foram meus primeiros passos para esse novo movimento e a recepção por parte dos fãs foi maravilhosa. Hoje me sinto completamente apoiado e incentivado por eles, e isso é muito especial pra mim”.

João estava vivendo uma fase similar a de Priscilla, que preferiu não usar mais o sobrenome Alcântara em sua nova fase no pop, assim como ela, o cantor afirmou que sempre foi aliado a causa LGBTQIAPN+ e falou da importância em falar desse assunto com a sua influência cristã e artística.

“Sempre fiz questão de ser aliado à comunidade LGBTQIA+, especialmente considerando o cenário social recente no Brasil. Diante das frequentes manifestações homofóbicas e transfóbicas por figuras públicas, acredito que permanecer em silêncio só serviria para reforçar tais discursos", falou.

"É fundamental utilizar nossa força de comunicação para ecoar vozes importantes e expressar apoio e solidariedade à causa, contribuindo para um ambiente mais inclusivo e respeitoso”, concluiu.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!