Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Resposta

Simone e Simaria respondem acusações de intolerância religiosa: ''É a maior besteira do mundo''

As cantoras Simone e Simaria dão explicações para acusação de intolerância religiosa em programa

Máxima Digital Publicado em 09/08/2019, às 12h06 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Simone e Simaria
Simone e Simaria - Reprodução/ Instagram

Simone e Simaria responderam as acusações de intolerância religiosa que sofreram após participarem de um programa de televisão.

As sertanejas cantaram no último episódio do "Música Boa ao Vivo", no Multishow, nesta terça-feira, 6, e entre as inúmeras músicas cantadas, o trecho de uma delas chamou atenção.

A música "Quero ser feliz também" da banda Natiruts, foi excecutada pela dupla, mas o trecho "Flores brancas, paz e Iemanjá" foi retirado. 

O bafo viralizou, e as irmãs foram acusadas de intolerância religiosa, já que a palavra "Iemanjá" é de matriz africana.

Depois da repercussão do assunto, Simone e Simaria resolveram tomar uma atitude. “Eu nem sabia cantar aquilo" contou Simone.

"Eu disse: Simone, eu vou jogar pra tu, porque não sei cantar essa música não!", explicou Simaria.

As coleguinhas foram bem sinceras na opinião sobre os internautas: "É porque o povo fica criando situação", começou uma.

"O povo é sem- vergonha mesmo", disse a outra. Sincera demais!

Incomodada com a situação, Simone manda a real: “É a maior besteira do mundo! Meu amigo, se você quiser tocar o seu tamborzinho, toque o seu tamborzinho! Se quiser ajoelhar e ir para a igreja, vá para a igreja! Nós vivemos em um país livre e as pessoas têm que parar com isso. Se você é feliz na sua religião, está ótimo, está massa!"

VALE LEMBRAR

As cantoras sertanejas não foram as únicas.

Xanddy Harmonia, da banda "Harmonia do Samba", também foi acusado de intolerância religiosa por Luana Xavier.

Segundo a atriz, o cantor supriu a frase "do Candomblé" durante toda a música "Raiz de todo o Bem" e finalizou sua acusação, esperando que o cantor retire essa música do repertório, já que não consegue citar a religião de origem africana.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI