Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
LGBT / Moeda

Maricoin: Saiba o que é a criptomoeda LGBTQIA+

Entenda como surgiu o nome da moeda virtual

Máxima Digital Publicado em 04/01/2022, às 12h20

Maricoin: Saiba o que é a criptomoeda LGBTQIA+ - Internet
Maricoin: Saiba o que é a criptomoeda LGBTQIA+ - Internet

No último dia 31, a criptomoeda Maricoin foi lançada no mercado online. Dando uma maior visibilidade para os investidores LGBTQIA+ e suas iniciativas, a moeda virtual busca trazer uma maior participação da comunidade nos negócios online. 

O nome da moeda tem uma curiosidade: é um trocadilho entre duas palavras. A primeira delas é maricón, do espanhol, que significa "marica" em português. A segunda é coin, do inglês, que significa moeda. 

O plano dos patrocinadores da Maricoin é que ela comece sua jornada no mundo dos negócios no início de 2023 e que abra caminhos para ser usada como forma de pagamento para eventos LGBTQIA+. 

"Já que movemos esta economia, por que nossa comunidade não deveria lucrar com isso, em vez de bancos, seguradoras ou grandes corporações que muitas vezes não ajudam as pessoas LGBTQIA+?", disse Juan Belmonte, cofundador da iniciativa, que também é cabeleireiro e empresário.

A moeda é apoiada pela Borderless Capital, firma de capital de risco com sede em Miami (Flórida, EUA). Francisco Álvarez, presidente executivo, disse que 8 mil pessoas já estão na lista de espera para comprar Maricoins antes mesmo que ela fosse negociada.

O projeto é que a nova forma de pagamento seja aceita em empresas, restaurantes, cafés, lojas e hotéis que assinarem um manifesto de igualdade. 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI