Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

5 dúvidas frequentes sobre remoção de tatuagem

Especialista esclarece os principais questionamentos sobre a técnica

Redação EdiCase Publicado em 17/04/2023, às 18h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Procedimento estético pode remover completamente as tatuagens (Imagem: ViktoriiaNovokhatska | Shutterstock)
Procedimento estético pode remover completamente as tatuagens (Imagem: ViktoriiaNovokhatska | Shutterstock)

Normalmente, quando fazemos uma tatuagem, a ideia é que ela seja para sempre. Logo, é fundamental encontrar um tatuador que tenha o estilo de desenho de que você gosta, para não se arrepender depois. Mas nem sempre é assim que acontece. Por isso, hoje há técnicas para remover a tatuagem. Dessa forma, em caso de arrependimento, você não é obrigado a conviver com ela pelo resto da vida.

Tatuagem não precisa mais ser definitiva

De acordo com Marisa Peraro, sócia-diretora da clínica Pró-corpo Estética, tatuagem não precisa mais ser definitiva, visto que existem técnicas capazes de removê-las completamente. É com essa esperança que Karina Costa aposta na remoção de uma tattoo.

Na época da faculdade e com pouco dinheiro, Karina tatuou um desenho que a sua mãe havia feito para ela na infância. Mas o resultado não foi o esperado. De lá para cá, ela planeja fazer algo com a tatuagem que fica no ombro e está sempre exposta – o que a desagrada bastante.

“Resolvi que a remoção de tatuagem é a melhor opção. Conversei com especialistas que me deram a segurança de que é um procedimento seguro. Finalmente vou poder olhar o espelho sem o complexo de querer esconder a tatuagem malfeita. Agora sei que me sentirei bem ao usar regatas, até a minha autoestima ficará melhor”, explica.

Principais dúvidas sobre o procedimento

Apesar de não ser um procedimento novo, ainda existem muitas dúvidas sobre o processo de remoção de tatuagem. Por esse motivo, a Pró-corpo – clínica especializada em tratamentos estéticos – responde a alguns questionamentos sobre o tratamento.

1. Como funciona a remoção da tatuagem?

Por meio da emissão de luz sobre o local da tatuagem, o aparelho de remoção clareia pouco a pouco a área, vaporizando a parte superficial da pele e absorvendo outra parte do pigmento pelo sistema imunológico do paciente. A penetração do laser chega até a derme e, devido ao calor emitido pelo aparelho, pode causar algum incômodo.

Após a aplicação do laser, a pele tende a formar uma crostícula protetora que leva de 7 a 10 dias para se desfazer. Dentro de um período de aproximadamente 30 dias, nota-se que a pele volta a apresentar seu aspecto natural, mas ainda com falhas do pigmento – que são os resquícios da tatuagem.

Médico removendo tatuagem no braço de uma pessoa
Pigmentos escuros são mais fáceis de remover da pele (Imagem: MAD_Production | Shutterstock)

2. Quanto tempo demora para remover completamente a tatuagem?

A duração do processo varia de acordo com o tamanho da tatuagem. O intervalo entre as sessões pode ser de, no mínimo, um mês. Contudo, geralmente leva cerca de 45 a 60 dias, dependendo da cicatrização completa do local. Quanto maior o intervalo, maior será o aproveitamento da sessão.

3. Quais cores são mais fáceis de remover?

Pigmento preto e/ou escuro.

4. Quais são os cuidados que se deve ter com a pele antes, durante e depois do procedimento?

É importante seguir as recomendações, como não expor a tatuagem ao sol durante todo o tratamento e utilizar pomadas hidratantes e filtro solar, para que os resultados da aplicação do laser sejam de uma pele íntegra e sem manchas.

5. Tatuagens antigas são mais difíceis de tirar?

Não necessariamente. As tatuagens antigas têm uma qualidade de tinta inferior, o que facilita o processo de quebra do pigmento. Em contrapartida, elas são bem misturadas com outros pigmentos, o que dificulta, em alguns casos, o processo.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!