Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » TRETA!

Chumbo trocado não dói! Paula Sperling manda recado para Gleici Damasceno após ataques à acreana

Após ataques de internautas à Gleici Damasceno, Paula Sperling manda recado a ex-BBB

Máxima Digital Publicado em 28/08/2019, às 08h19 - Atualizado às 22h23

Gleici Damasceno e Paula Sperling
Gleici Damasceno e Paula Sperling - Reprodução/Instagram

Senta que lá vem babado!

Para quem não se lembra, Gleici Damasceno, vencedora do 'Big Brother Brasil 18', detonou a vitória de Paula Sperling, campeã do reality show deste ano. Segundo a acreana, Paula é racista e homofóbica. Gleici chegou a fazer vários discursos contra a mineira, e, ao sair da casa e tomar ciência do que estava acontecendo, a loira passou por poucas e boas, dizendo não esperar tanto ódio de pessoas que não a conhecem.

Agora, foi a vez de Gleici ser atacada na web. Tudo porque, a morena se envolveu em um acidente de carro ao lado de Wagner Santigo, até então seu ex-namorado e também participante da edição do BBB18. A musa acabou atropelando um ciclista, que foi levado ao hospital e não teve ferimentos graves. 

O público detonou a milionária após um vídeo de Wagner agredindo um homem que filmava o acidente, ter vazado nas redes sociais.

Pois bem, com a situação, Paula decidiu mandar um recado a Gleici, já que, quando saiu da mansão do BBB, foi atacada pela mesma:

“É de cortar o coração te ver tristinha assim, e de pensar que você foi uma das pessoas que não se lembraram que palavras machucam, que aqui do outro lado tem uma pessoa que no momento mais difícil viu você no meio da multidão me esfregando embaixo dos seus pés. Saiba que eu torci muito por você no BBB e quando eu saí da casa você foi uma das pessoas que me julgou, me atacou e me ensinou a ser forte e não demonstrar minha fraqueza em um vídeo dessa forma. Seja forte!!! Ser acusada sobre o nosso caráter e essência de algo que nunca fomos dói muito mais do que ver palavras soltas de pessoas que julgam uma pequena atitude sem saber o contexto da história. Espero que o que você vem lendo te sirva de aprendizado para que você não faça mais com as pessoas o que não gostaria que fizessem com você. E ainda assim, admiro muito a pessoa que você é e vou te contar um segredo… Olhe ao seu redor, a multidão que te ama! Foca neles, sorri por eles, porque eles te defendem em todas as situações, não merecem nos ver dando importância para minoria não. Deus está olhando por nós a todo momento. Siga forte, sua história é muito maior que esse momento”, disse.

Através de seu Twitter, Gleici rebateu a fala da amiga de Hariany Almeida, falando que ela é oportunista e que estava passando vergonha. Não satisfeita, mais tarde, ela disparou:

“Não tem como você ter empatia por alguém que é racista, que sabe que é racista, que não se arrepende dos seus atos racistas. Só se eu fosse racista. Do meu entendimento, não tem como ter empatia com quem é homofóbico. Tem que ter empatia com quem sofre homofobia. Se a pessoa já foi homofóbica, já foi racista e hoje ela se arrepende, é muito diferente. Tem pessoas que passaram por processos dolorosos na vida e tentam reproduzir isso em outras pessoas. Mas elas podem procurar ajuda para melhorar isso. Eu conheço muitas pessoas em processo de desconstrução”, disse ela em seu Instagram.