Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Eita!

Deputado aciona Polícia Federal contra Fátima Bernardes após exibição da música "Verdinha" no programa "Encontro"

A apresentadora se envolveu em polêmica depois de ter convidado Ludmilla para ir ao encontro em dezembro

Máxima Digital Publicado em 07/01/2020, às 19h26

Deputado aciona Polícia Federal contra Fátima Bernardes após exibição da música "Verdinha" no programa "Encontro"
Deputado aciona Polícia Federal contra Fátima Bernardes após exibição da música "Verdinha" no programa "Encontro" - Instagram

Mais uma polêmica envolvendo a música Verdinha, de Ludmilla!

Desta vez, a apresentadora Fátima Bernardes está sendo alvo depois de ter convidado a cantora para o programa Encontroe a mesma ter cantado o hit.

Na segunda-feira, 06, o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) protocolou uma notícia-crime na polícia Federal contra Fátima. Segundo o político, a jornalista cometeu ato de apologia a cultivo, uso e venda de maconha ao permitir a exibição da música na programação.

Além disso, Otoni justificou que o programa passa no horário na manhã e que há menores assistindo.

Tanto a emissora quanto a apresentadora não se pronunciaram sobre o caso até o momento de publicação desta nota. 

Diante do ocorrido, a assessoria de imprensa de Ludmilla emitiu um comunicado oficial para explicar como a cantora se sentiu com tudo isso e quais medidas legais está tomando: "A cantora Ludmilla, através de sua assessoria jurídica, representada pelo advogado José Estevam Macedo Lima, vem a público externar veemente repúdio ao cerceamento à liberdade de expressão cultural que, sistematicamente, vem sendo manifestado contra as letras das músicas de sua autoria.
Com efeito, a cantora tem sido alvo de postagens em redes sociais que constituem flagrante violação ao seu direito da livre manifestação cultural, que lhe é assegurado pela Constituição Federal, em seu art. 5º, inciso IX.
Nessa oportunidade, a artista e sua equipe lamentam a veiculação de textos mascarados de mera reprovação ao que canta a artista, mas que, na verdade, servem como pano de fundo para disseminação do ódio, da discriminação e do preconceito.
Por fim, a cantora esclarece que não poupará esforços para adotar todas as medidas cíveis e criminais que se fizerem necessárias, de modo a repelir e responsabilizar os autores das postagens de conteúdo discriminatório, preconceituoso, calunioso, infame e difamatório a seu respeito".

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI